Por admin

Webinar. Saiba sua função e como ela completa os artigos de um site

Hoje em dia, ouvimos falar muito a respeito de webinar, que trata-se de um seminário transmitido pela internet e muito usado por empresas de variados nichos por meio de várias plataformas, como o YouTube, e é excelente para gerar e qualificar leads.

Você já deve ter ouvido falar, ou até mesmo já participou desse “evento” que tem se popularizado cada vez mais entre empresas e consumidores.

O webinar é o formato de conteúdo ideal para qualquer tipo de empresa e serve até mesmo para profissionais que queiram divulgar o seu trabalho, como professores de inglês, advogados e muito mais.

É uma forma de oferecer conteúdo verdadeiramente rico e relevante para o seu público-alvo, muito importante para o funil de vendas e ideal para quem quer conquistar uma posição melhor no mercado.

As marcas que fazem webinários estão na frente, afinal, além de oferecerem um conteúdo de valor, conseguem se aproximar de seu público e interagir com ele.

Exatamente por conta de sua eficácia, neste artigo, vamos explicar o que é webinar, como elaborá-lo e qual a diferença entre ele e uma live, que também é muito popular. Confira!

Afinal, o que é webinar?

Webinar (ou webinário, em português), é um seminário que aborda um assunto direcionado a um público-alvo e faz parte das estratégias de marketing digital.

As empresas podem transmiti-lo ao vivo ou disponibilizar já gravado, e tem sido muito adotado graças a sua eficiência no funil de vendas, da mesma forma que gera autoridade e mais oportunidades para a companhia.

Hoje em dia, também é considerado uma das melhores formas de atrair pessoas e gerar leads, visto que a taxa de comparecimento de público ultrapassa os 40%.

Ou seja, se 1.000 pessoas se inscreverem no webinar de uma empresa de aluguel de som e iluminação, pelo menos boa parte delas vão assistir ao conteúdo ao vivo.

Seu funcionamento é muito simples, uma vez que possui o formato de uma videoconferência, tendo um apresentador que conduz o assunto e interage com os participantes via chat.

As marcas podem transmitir seu seminário online por meio de várias plataformas, como YouTube e o Google Hangouts.

Portanto, em vista de sua eficiência, é uma estratégia barata para estreitar o relacionamento com clientes e potenciais clientes, ser reconhecido no mercado, lançar produtos e qualificar leads.

Como fazer um webinário?

Para produzir um webinar é necessário ter uma câmera, boa iluminação e um microfone, para garantir um som de qualidade, além de seguir alguns procedimentos, que são muito mais simples do que os necessários para um seminário presencial. São eles:

1 – Definir um tema

O tema depende da marca, seu público-alvo e os objetivos em questão. Uma empresa de telão de led para shows, por exemplo, pode querer aumentar a sua lista de e-mails, neste caso, precisa investir em um conteúdo mais amplo.

Se for para os leads que estão no meio do funil, precisa especificar a pauta e abordá-la de maneira mais aprofundada.

Ademais, se o objetivo é converter leads em clientes, pode manter o foco nos produtos e serviços que vende, apelando para uma abordagem de vendas. Tendo as personas e os objetivos bem definidos, fica mais fácil determinar qual será o tipo de abordagem.

O webinar é ótimo para complementar os artigos postados no site ou blog, por isso, eles podem servir como base para a criação da transmissão.

A empresa só precisa selecionar aqueles que considera mais relevantes e que receberam mais acessos.

2 – Escolher a plataforma

Para escolher uma boa plataforma, é importante saber se você tem habilidade com ela. Se uma fabricante de envelope personalizado a4 vai fazer sua primeira transmissão, por exemplo, então pode optar pelo YouTube, Facebook ou Google Hangouts.

São plataformas de streaming de fácil usabilidade e que permitem uma perfeita interação com os participantes.

Por meio delas, também é possível gravar as transmissões, para que outras pessoas possam acessá-las quando for mais conveniente.

Quem já tem um pouco mais de habilidade, pode optar por outras ferramentas mais robustas. Elas possuem recursos como painel de engajamento, podem ser integradas a outros softwares de marketing, têm relatórios de desempenho e muito mais.

São plataformas pagas que ainda contam com recursos para divulgação e monitoramento da transmissão em um mesmo lugar.

3 – Criar uma landing page

A landing page vai atuar como página de inscrição para seu webinário. Para funcionar, uma empresa de projetor de vídeo portátil, por exemplo, insere as principais informações do evento, além de falar sobre os benefícios dele para os inscritos.

Deve conter o dia e o horário da transmissão, e solicita o e-mail dos participantes, bem como seus respectivos nomes, para mantê-los sempre bem informados.

4 – Disponibilizar data e horário

A data e o horário devem ser marcados com, pelo menos, 3 meses de antecedência. O dia da semana pode influenciar muito na participação, sendo que, segundo levantamentos, aqueles que são transmitidos entre terça e quinta são os mais bem-sucedidos.

Boa parte das inscrições costumam acontecer no próprio dia do evento, e cerca de 15% dos participantes se inscrevem com duas semanas de antecedência.

5 – Fazer um roteiro

É necessário criar um roteiro bem definido para o bom desempenho da sua apresentação. Temas e falas podem ser organizados em tópicos, tendo como auxílio materiais como slides e demonstrações de produtos e serviços.

Independentemente de qual seja o assunto ou material de apoio, o roteiro precisa ser planejado e revisado com bastante antecedência, contendo uma ordem cronológica, pensado para agradar o público e fazer com que voltem para os próximos eventos.

6 – Divulgar em seus canais

A divulgação é crucial para o sucesso do webinar de uma loja de luminária led escritório ou de uma agência de marketing. É possível divulgá-lo por meio de diferentes canais, como:

  • E-mail;
  • Redes sociais;
  • Mídias pagas;
  • Site institucional;
  • Blogs.

Explore ao máximo os canais de comunicação pela internet para propagar o seminário e obter um número maior de inscritos.

Diferença entre webinar e live

Agora que você já sabe o que é um webinar e como ele pode ser feito por uma empresa de manutenção de bomba hidráulica ou de qualquer outro nicho, vamos explicar como ele se diferencia das lives.

Ambos são muito populares, mas não devem ser confundidos, mesmo tendo funções e propósitos semelhantes.

Por exemplo, no caso das lives, elas são um evento público, acessível a qualquer pessoa, sem a necessidade de se inscrever.

Seu objetivo é aumentar e envolver a audiência de uma marca, e geralmente aborda conteúdos voltados para o entretenimento do público. Isso se deve ao fato de elas usarem plataformas, como as redes sociais, que as pessoas utilizam como meio de entretenimento.

O acesso é totalmente gratuito e quem assiste pode repetir quantas cenas quiser por tempo indeterminado.

O webinar, por sua vez, é um evento privado, organizado por pessoas ou empresas, como uma de manutenção empilhadeira, sendo necessário que os participantes se inscrevam previamente.

Seu objetivo é educar determinado público-alvo e vender algum produto ou serviço. Também é mais indicado para audiências maiores.

Possui um estilo diferente da live, uma vez que assume formato de palestra ou seminário, com um apresentador e participantes mais passivos.

Carregam um aspecto de escassez acerca do assunto que será abordado, acontece de maneira limitada, tanto em relação à primeira transmissão quanto às transmissões gravadas.

No entanto, as duas utilizam a internet para serem veiculadas, ou seja, são iguais e diferentes ao mesmo tempo.

A live pode manter o foco em diferentes eventos, com uma audiência maior e pouca interatividade entre quem apresenta e quem assiste.

O webinar, por outro lado, trata de um assunto em específico, de maneira especializada, com um público menor e promovendo maior interação entre apresentador e convidado.

Conclusão

O marketing digital é muito bem estruturado e é por meio dele que as empresas conseguem divulgar qualquer tipo de produto ou serviço, como kit gin tônica especiarias.

Dentre suas principais estratégias está o marketing de conteúdo, que consiste em oferecer informação rica e relevante, de maneira direcionada para um público-alvo.

Ele pode assumir diferentes formatos e um deles é o webinar. É um jeito inteligente de se aprofundar em um determinado tema ou apresentar um assunto de interesse das pessoas de maneira ampla, de modo a atraí-las para a marca.

Hoje em dia, o consumidor moderno preza pela informação, e as empresas que oferecem seus formatos mais completos se destacam perante seus concorrentes.

O webinar é esse tipo de formato, que se coloca como uma grande vantagem, tanto para a empresa quanto para seus clientes.

Enquanto a marca consegue atrair seu público, as pessoas recebem informação de qualidade para sanar suas dúvidas e resolver seus problemas.

É uma estratégia baseada em uma relação de troca que confirma o novo modelo de relacionamento entre empresas e consumidores.  

Escreva uma resposta