in

Skincare de dentro para fora: alimentos que fazem bem para a pele

Saiba como enriquecer sua alimentação para ter uma pele mais saudável

Todo mundo já deve ter ouvido pelo menos uma vez na vida aquela clássica frase “você é o que você come”. E, por incrível que pareça, existe uma parcela grande de verdade nisso, pois a alimentação vai interferir tanto na sua nutrição quanto nos reflexos que serão percebidos externamente nas unhas, cabelos e pele.

Certas frutas, verduras, legumes, folhas, grãos e carnes são extremamente importantes porque oferecem exatamente o que a pele precisa, como nutrientes e vitaminas que vão atuar desde a manutenção da oleosidade, evitando cravos e espinhas, até na própria aparência da pele.

Por isso mesmo, se alimentar corretamente e de forma equilibrada é algo que deve fazer parte da rotina de qualquer pessoa que deseja ter uma pele bonita e saudável.

Alimentação saudável = pele saudável

Quem já foi ao ginecologista ou dermatologista procurando uma solução para as temíveis espinhas provavelmente foi questionado sobre a forma como tem se alimentado. Isso acontece porque certas comidas têm altas concentrações de gordura e açúcar, acentuando o problema das acnes.

Só por aí dá pra perceber o quanto a alimentação vai interferir na aparência da sua pele. Nesse sentido, existem alimentos que vão fornecer uma quantidade ideal de vitaminas para suprir as necessidades do seu organismo e, ao mesmo tempo, deixar sua pele mais viçosa, macia e bonita.

Vitamina A

Esse micronutriente é um dos mais necessários para a pele, já que tem propriedades antioxidantes (combatendo, assim, os sinais do envelhecimento), é fundamental para a renovação das células do organismo humano e ajuda na formação de colágeno — proteína que dá resistência e elasticidade à pele.

Vitamina C

A vitamina C está presente em alimentos, mas também em vários produtos dermatológicos por conta dos seus inúmeros benefícios: ajuda a uniformizar o tom da pele e a prevenir o envelhecimento precoce (já que também atua como antioxidante), além de proteger a derme contra agressões externas.

Colágeno

Essa proteína produzida pelo organismo é de extrema importância para o corpo e também para a pele. É o colágeno que faz com que sua pele fique mais resistente e menos suscetível às temíveis marcas de expressão. Ele pode ser estimulado através de uma alimentação rica em ômega 3, proteínas magras e vitaminas.

Agora que você já sabe as três principais substâncias capazes de melhorar a sua pele, vamos conhecer os alimentos capazes de fornecê-las na medida certa.

Batata-doce

A batata-doce é rica em betacaroteno e é convertida em vitamina A pelo organismo, oferecendo uma maior proteção à pele ao protegê-la contra a despigmentação, possíveis inflamações e obstrução dos poros.

Cenoura

Outro alimento rico em vitamina A, a cenoura deve ser inserida na alimentação de pessoas que buscam ter uma pele menos oleosa e com menos manchas.

Limão

Esse adstringente natural deve ser usado apenas ingerido, pois seu contato direto com a pele pode causar manchas. O uso do limão na alimentação favorece o aumento da produção de colágeno e reduz aquelas marcas causadas por espinhas.

Mamão

Rica em vitaminas A e C, além de magnésio e potássio, o mamão é uma fruta que fornece a enzima papaína, que promove a desobstrução dos poros, renovação celular, além de ajudar na hidratação da pele.

Manga

Mais de 80% da quantidade ideal de vitamina A necessária para o organismo pode ser encontrada nessa fruta tão comum em lugares tropicais, como o Brasil. Quem deseja evitar o ressecamento da pele pode incluir a manga na sua dieta.

Couve

A couve é uma folha de baixa caloria e cheia de nutrientes, tais como vitaminas A, B6, C e K, além de cálcio, potássio e magnésio. Sua alta ação antioxidante faz dela um alimento essencial para a uniformização da pele.

Salmão

Por ser rico em ômega 3, o salmão é um peixe superindicado para melhorar inflamações na pele e melhorar a hidratação e força dos cabelos. Isso sem falar que essa carne branca ajuda a combater problemas externos que têm efeito direto sobre a pele: ansiedade, estresse e até mesmo depressão. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

O que são marcas ativistas?

Peças esportivas com detalhes em tela: estilo e respirabilidade