in

Salve suas unhas: saiba como cuidar da saúde delas

Conheça alguns cuidados básicos para deixá-las fortes e bonitas sempre.

Quadradas ou redondas, curtas ou longas, esmaltadas ou não, as unhas são uma parte do corpo humano que têm o coração de muita gente — independentemente do gênero, já que cada vez mais os homens também têm interesse em deixá-las bem cuidadas.

No entanto, quando se pensa em cuidado com as unhas, muita gente esquece que isso vai além de estar com elas feitas todos os dias. Maus hábitos podem prejudicar as unhas que, por vezes, necessitam de um reforço extra. Você pode conseguir unhas fortes com colágeno e também com uma alimentação balanceada, por exemplo. Conheça algumas medidas para tornar suas unhas mais saudáveis e fortes.

Um pouco mais sobre unhas

Para muito além da estética, as unhas têm por função proteger os dedos, tanto das mãos quanto dos pés, de possíveis machucados e lesões. Há milhões de anos, elas serviam para a autodefesa, algo próximo do que conhecemos nos animais como garras.

Essas estruturas são formadas por queratina e sua aparência pode revelar como está a saúde do indivíduo. Unhas quebradiças, frágeis, amareladas e com aparência fora do normal podem indicar problemas de saúde, revelando a baixa de algum tipo de nutriente ou vitamina no organismo.

Para ter certeza de que suas unhas estão bem, caso você perceba alguns desses sintomas, o ideal é ir ao dermatologista. Ele poderá solicitar exames para avaliar como estão suas taxas e indicar os tratamentos mais adequados para o seu caso. Existem, porém, cuidados que você pode e deve ter no seu cotidiano, para evitar o surgimento desses problemas e para manter a saúde das suas unhas em dia.

Alimentação balanceada

O primeiro passo para ter não apenas unhas, mas toda uma aparência saudável, é investir  em uma alimentação equilibrada, contendo todos os tipos de nutrientes e vitaminas. A ingestão de frutas e legumes, bem como de carnes magras, hortaliças, grãos e ovos faz toda a diferença.

No caso específico das unhas, o consumo de carne, leite e seus derivados é ainda mais importante. No entanto, há que se ponderar a procedência desses alimentos, uma vez que a maioria tende a ser ultraprocessada. Dê preferência aos orgânicos.

Cuidados na hora de fazer as unhas

Quem tem costume de fazer as unhas com frequência, deve adotar algumas medidas básicas, principalmente quando for fazer as unhas no salão. Tenha sempre um kit individual com lixa, tesoura, alicate, espátula e palito para evitar qualquer contaminação.

Mantenha as unhas no seu formato original: se elas são arredondadas, mantenha-as dessa forma, se forem quadradas, também. Os cantos, porém, devem ser lixados de forma reta para evitar que as unhas encravem.

Esmalte e remoção das cutículas

Antes de pintar as unhas, nunca se esqueça de usar uma base. O produto funciona como uma camada protetora e precisa ser aplicado antes do esmalte. Falando em esmalte, nada de usar produtos fora da validade, independentemente de a aparência estar normal. Isso pode prejudicar a saúde das unhas.

Na hora de fazer as unhas, é comum o hábito de remover as cutículas com o alicate. Também não é algo recomendável, já que essa “pelinha” é uma camada protetora contra fungos e bactérias. Remova o mínimo possível.

Hidratação em casa

Assim como os cabelos, as unhas também precisam de hidratação. Vale lembrar que hidratação também significa a ingestão adequada de água ao longo do dia — pelo menos 2 litros. Aplique cremes à base de ureia e óleos de coco, amêndoas ou mineral e massageie para melhor absorção dos produtos.

Deixe suas unhas livres de esmaltes pelo menos um dia na semana para que elas possam “respirar”. Na hora de removê-los, prefira usar removedores sem acetona na composição, pois agridem menos. E nada de deixar a unha com o mesmo esmalte por dias!

Use colágeno

Uma opção para quem está percebendo que suas unhas estão fracas é o uso de colágeno hidrolisado. Essa substância atua como um suplemento, de forma a ajudar no fortalecimento das unhas.

O colágeno pode ser encontrado tanto na versão de cápsulas como em sachês (pó). Na hora de escolher, prefira o de tipo 1, mais indicado para pele, cabelo e unhas. Os efeitos começam a ser sentidos a partir do primeiro ao terceiro mês de uso contínuo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

O que considerar ao comprar uma cozinha compacta?

Dicas de presentes para recém-casados