in

Qual a importância de contratar um desenvolvedor?

desenvolvedor

Para facilitar os processos de uma empresa, uma das decisões mais interessantes e estratégicas para um gestor, pode ser a contratação de um bom desenvolvedor de sistemas.

Esse profissional é responsável por estabelecer e manter todo um mapa tecnológico dentro de uma organização.

Desde um sistema de gerenciamento, páginas da web, até um aplicativo que ajude os funcionários a exercerem suas funções da melhor forma.

Para que um negócio ganhe destaque no mercado, é fundamental um controle assertivo sobre os diversos processos organizacionais e logísticos. 

Para isso, é necessário o uso de soluções tecnológicas personalizadas que atendam todas as exigências e particularidades da sua empresa, como o desenvolvimento e a instalacao de sistema de combate a incendio automatico.

Elaboramos esse artigo para abordar a importância de contar com um desenvolvedor em sua equipe de colaboradores.

Por isso, continue lendo para compreender quais são as funções atribuídas a esse profissional, e quais as vantagens que essa escolha pode trazer para o seu negócio. 

Funções do desenvolvedor de sistemas

As funções que cabem a um desenvolvedor são bases para o desenvolvimento de um empreendimento, para poder assumir um porte maior e sobreviver no mercado de forma eficiente e lucrativa.

Dessa forma, é essencial contar com pelo menos um desenvolvedor de sistemas muito bem qualificado.

Qualquer que seja o ramo ou segmento de um negócio, de um restaurante a uma grande empreiteira especializada em construcao comercial, ele depende de soluções tecnológicas, seja em maior ou menor escala.

Dessa forma, o objetivo desse profissional é desenvolver e aplicar essas soluções, de forma a facilitar o desenvolvimento dos diversos processos organizacionais, garantindo maior eficiência e rapidez, além de reduzir problemas devido à falha humana.

Isso engloba os diferentes setores internos, como o setor administrativo, de marketing, financeiro e comercial, assim como a integração entre eles. 

Detalhando melhor suas funções, podemos dizer que um desenvolvedor:

  • Compreende a dinâmica do setor, assim como suas necessidades;
  • Identifica oportunidades;
  • Propõem soluções tecnológicas para resolver e otimizar os processos;
  • Desenvolve e implementa o software, como um site ou aplicativo;
  • Realiza a manutenção e corrige os possíveis erros;
  • Orienta a equipe sobre como utilizar as tecnologias desenvolvidas.

Assim, o desenvolvedor é responsável por todo o processo que compreende o desenvolvimento de plataformas digitais ou outras soluções.

Alguns exemplos são os e-commerces e demais sites, programas, sistemas de gerenciamento para computador completo, entre tantas possibilidades.

Vantagens de contar com esse profissional

Certamente após conferir as funções atribuídas ao profissional desenvolvedor de sistemas, você entendeu sua importância estratégica para uma organização.

Afinal sua razão de existir, em poucas palavras, é tornar tudo mais eficiente e eficaz.

Além disso, é um profissional que pode fazer grande parte de seu trabalho remotamente, de forma muito tranquila, assim como os designers, o que por si só já é uma vantagem: a economia de recursos.

Na verdade, existem duas opções: contratar um profissional capacitado ou terceirizar essa função para uma empresa especializada, e essa decisão é muito individual, pois cada negócio conta com uma realidade.

Independente do que escolher, ao optar por bons profissionais, poderá se beneficiar com as 5 vantagens que estas soluções trazem para um empreendimento de alto padrão, como uma empresa do setor de destruicao documentos, por exemplo.

  1. Mais foco no seu negócio

É muito comum que os idealizadores e fundadores de uma empresa não tenham um domínio significativo sobre as soluções tecnológicas. 

Ao delegar essa função para um desenvolvedor competente, o gestor pode focar nos demais aspectos que compreendem a rotina do seu negócio.

  1. Mais foco no seu produto

Da mesma forma, o gestor pode focar na questão central da sua empresa, na solução para a qual se propõe. 

Pode ser que o produto principal, ou o core da empresa seja um produto digital ou complementado por ele, como uma caixa de som para eventos que possui um aplicativo que permite que seja programada a partir do smartphone.

E ainda, mesmo que o modelo de negócio não tenha essa demanda tecnológica tão central, ou seja, que não afete a operação do core empresarial, o desenvolvedor pode ser a chave para o diferencial competitivo de uma marca.

  1. Redução do tempo de latência

Um dos resultados mais típicos das implementações tecnológicas é a agilidade na produção e/ou execução de processos internos, principalmente, nos momentos mais “críticos”, como a liberação de nota fiscal, por exemplo.

E qualquer gestor sabe como o tempo é um recurso valioso, seja para o próprio negócio ou para o cliente.

Quanto mais rápido uma empresa soluciona um determinado problema ou necessidade do consumidor, mantendo a qualidade, melhor será vista pelo mesmo. 

Frente a  um cenário tão competitivo, e em um mundo em que tempo é dinheiro, torna-se vital acelerar os processos.

  1. Recursos tecnológicos mais recentes

Certamente esse é o ponto que diferencia os profissionais desenvolvedores disponíveis no mercado: seu conhecimento específico e habilidades. 

Um profissional altamente capacitado é muito concorrido, e seu currículo funciona como um banner com foto para atrair oportunidades de trabalho.

A tecnologia não para de evoluir: existem linguagens de alta sofisticação sendo atualizadas o tempo todo, além das constantes novidades lançadas.

Dominá-las repercute em produtos e soluções mais eficientes, eficazes e escaláveis. Por isso, desenvolvedores com um conhecimento de padrão elevado são tão disputados.

Dominar linguagens como Ruby, Elixir, React, Swift, React Native ou Laravel, por exemplo, tecnologias com pouca mão de obra capacitada disponível no mercado, é uma grande demanda latente, principalmente no Brasil.

  1. Chances de novas perspectivas

Como você pôde conferir até aqui, o desenvolvedor é um profissional extremamente estratégico, que precisará conhecer a fundo todos os processos de sua empresa de iluminacao de LED para industria, para citarmos um exemplo prático.

Assim, esse profissional se torna uma importante fonte de opiniões sobre os processos e seus detalhes que, muitas vezes, compreende aspectos e questões que são facilmente ignoradas por você.

Isso não é uma crítica, apenas chamamos a atenção para o valor que pensamentos e abordagens diversificadas podem agregar para o seu empreendimento, e a importância de contar com profissionais que possuam uma visão contextual diferente da sua: 

Ao observar um mesmo problema e analisá-lo com um administrador, certamente terá insights diferentes de um desenvolvedor. 

Portanto, ao discuti-los, é possível chegar a conclusões que podem mudar totalmente o rumo ou o formato de resolver um determinado problema do cotidiano ou de maior complexidade e urgência.

Em conjunto, essas 5 vantagens que listamos, potencializam a eficiência dos serviços prestados pela empresa, o que por si só já é um sinônimo de vantagem competitiva, afinal, uma empresa altamente eficiente é o seu próprio Banner personalizado.

Considerações finais

Portanto, nesse artigo você viu como um bom profissional desenvolvedor de sistemas é importante para um negócio.

Além de ter conferido as vantagens e diferenciais que eles podem proporcionar com seu trabalho, conforme sua qualificação.

Na hora de selecionar um desenvolvedor para fazer parte de sua equipe, é fundamental avaliar os diferenciais, ou seja, ver além de sua formação.  

Afinal, se existe um momento crucial em que o perfil visionário de um gestor é demandado, é na hora de escolher os profissionais que irão compor a equipe de colaboradores.

Em relação às áreas do conhecimento em que um desenvolvedor pode se graduar estão, principalmente, Ciências da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia da Computação ou Sistemas da Informação.

Além disso, valorize todos os conhecimentos mais abrangentes e multidisciplinares, pois, como você viu, é necessário que o desenvolvedor conheça muito mais do que sobre tecnologia. É preciso ter total compreensão dos processos internos da organização.

Dessa forma, valoriza habilidades e características como lógica, gerenciamento de negócios e de processos, proatividade, curiosidade e perfil investigativo, para contratar o desenvolvedor ideal.

Verifique também se os valores e princípios profissionais e pessoais de cada candidato se encaixam com a proposta do seu negócio.

Nesse sentido, o mercado traz duas soluções para sua empresa: a primeira são as plataformas especializadas para o acesso e triagem dos currículos de profissionais do setor de tecnologia, como é o caso dos desenvolvedores, como a Vulpi.

E existem empresas confiáveis especializadas em soluções tecnológicas de desenvolvimento de sistemas.

Nesse caso, já contam com uma equipe interna de desenvolvedores muito bem habilitados, e dependendo das necessidades da sua empresa, podem ser uma boa solução, afinal, essa terceirização garante a qualificação do profissional.

No entanto, é importante ressaltarmos aqui que essa é uma opção para empresas que não possuem seu core sobre a tecnologia, precisando apenas de soluções adicionais para potencializar e alavancar os negócios.

Se sua organização oferecer diretamente um produto de tecnologia, é fundamental contar com uma equipe interna de desenvolvedores.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

hospedagem

4 vantagens de trabalhar com a hospedagem de site

cliente

Arte de encantar o cliente: como trabalhar?