Por admin

Qual a função do endomarketing?

O endomarketing é uma ferramenta de comunicação, usada para melhorar as relações dentro de uma organização, focando no desenvolvimento interno. Entenda ao longo do texto o quanto ela é importante para o crescimento de um negócio.

O que é endomarketing?

Endomarketing é uma ferramenta dentro da comunicação que trabalha com estratégias internas de relacionamento, com foco em melhorar a vivência dentro de uma empresa, a satisfação dos colaboradores e consequentemente a produtividade do negócio.

Quase sempre, quando pensamos em um trabalho de comunicação, imaginamos que as melhores formas de agregar crescimento e resultado dentro de um negócio é focando em seus clientes, algo comprovadamente importante para empresas.

No entanto, dentro desse processo estratégico utilizado pelos principais gestores de uma companhia, quase sempre os funcionários estão sendo deixados de lado, o que pode causar um grande abismo entre aquilo que se produz e aquilo que se tem na empresa.

Por exemplo, digamos que em uma fábrica produtora de notebook escritório, novas estratégias levaram o negócio a um alto patamar dentro do setor, relacionado às vendas do produto, que dispararam nos últimos meses após uma reestruturação de áreas.

No entanto, os colaboradores que participaram dessa conquista quase nunca são ouvidos, informados das conquistas da empresa ou recebem algum tipo de parabenização pela participação dentro do processo, que aliás, é muita.

Além disso, alguns funcionários da empresa, por estarem por dentro do processo de produção, muitas vezes enxergam partes de uma produção que gestores não alcançam, podendo então implementar mudanças positivas dentro da empresa.

Entretanto, para que isso aconteça, eles precisam primeiramente ser ouvidos, perguntados, queridos, da mesma forma que um cliente de uma empresa de placa fotoluminescente gostaria. 

O endomarketing é uma forma de criação de relacionamento como se fosse para venda, mas nesse caso, tem foco interno.

Por isso, todo o tipo de conversa que puder ser voltada para a criação de uma maior satisfação do colaborador com a empresa deve ser utilizada pela equipe de marketing, transformando-as em campanhas e conteúdos comunicacionais.

Dessa forma, além de ser ouvido, o funcionário também entende mais sobre os processos dentro da empresa e tem a oportunidade de ver o que outros colegas estão pensando, não apenas em relação ao trabalho, mas a outros assuntos interessantes e até divertidos.

Por que trabalhar essa estratégia?

Uma das principais vantagens de trabalhar o endomarketing dentro de uma empresa é conseguir com que o colaborador se sinta bem trabalhando no lugar onde ele está, além de criar uma relação transparente com ele e todos os colegas da empresa.

Muitas vezes, para cumprir metas e alcançar objetivos principais dentro de uma corporação, o funcionário quase nunca é ouvido, apenas escuta o que precisa fazer e faz aquela atividade, transformando um possível prazer em uma necessidade de sustento.

E não que o trabalho não seja uma forma de pagar contas ou viver na sociedade atual, mas com uma construção de qualidade é possível integrar um trabalhador à realidade da empresa, unindo ambas as parte por meio de um mesmo propósito.

É como se, por exemplo, sua empresa estivesse conquistando o primeiro cliente, por meio da construção de comunicações que expliquem o quanto a empresa deseja se conectar com ele, seja por meios digitais, presenciais ou apenas pelo modo da compra.

Em uma sala reunião um funcionário deseja o mesmo com a empresa em que trabalha, justamente para dar valor à profissão que exerce, ao cargo que ocupa, e além disso, também ter a mesma sensação de propósito e contribuição de um crescimento.

Ao atingir essa relação, baseada na transparência e na conexão em via dupla, é possível fazer com que aquele funcionário, por mais distante de uma área de gestão, ajude a empresa da sua maneira, trabalhando em conjunto para obter resultados maiores.

De certa forma, o relacionamento criado entre empresa e funcionário por meio do endomarketing permite uma maior conectividade com o trabalhador no seu local de trabalho, mas também torna a companhia cada vez mais humanizada.

Por exemplo, em uma empresa de despachante veicular, o endomarketing fez com que os gestores entendessem mais sobre as questões que dificultam o trabalho de seus funcionários, e com a resolução desses problemas eles passam a humanizar as vendas.

Nesse caso, a humanização acontece pelo entendimento não apenas pelo lado do cliente ou do colaborador, mas dos propósitos que cada uma das partes tem em comum, algo que muitas vezes empresários e gestores de fora acabam não compreendendo como deveriam.

Como o RH pode ajudar no endomarketing?

Os trabalhos de endomarketing acontecem por inúmeras plataformas, além de diferentes meios de comunicação da empresa com o colaborador. 

Alguns principais são:

  • Intranet (plataforma interna);
  • E-mail marketing;
  • Pesquisas de opinião;
  • Eventos internos.

Dessa forma, entendemos que não são apenas por canais digitais que essa relação acontece, já que grande parte dos colaboradores convive em lugares próximos dentro de empresas, algo que facilita ainda mais a criação dessa relação.

E mesmo que campanhas de comunicação sejam vigentes, como uma pesquisa sobre satisfação com serviços de limpeza, muitas vezes são os contatos ainda mais próximos que fazem a diferença, por exemplo, a festa de aniversariantes do mês.

Para isso, é preciso que o setor de comunicação interna, geralmente, comandado pelo marketing, desenvolva trabalhos conjuntos com a área de Recursos Humanos, já que esta é a forma mais adequada de entender melhor cada um dos colaboradores.

Uma boa forma de colocar esse trabalho em prática é promover eventos de capacitação, já que o RH pode verificar melhor cada ferramenta que um colaborador é capaz, enquanto a comunicação trabalha o relacionamento e a satisfação.

Por outro lado, eventos divertidos e descontraídos, por exemplo, um dia temático, pode aproximar essas duas áreas com os trabalhadores, criando então uma relação de amizade e compreensão de possíveis problemáticas.

Toda essa construção leva tempo, assim como a aula de dirigir carros. Aos poucos é possível que eventos e campanhas dentro das empresas acabem se transformando em algo essencial e rotineiro, agregando cada vez mais a importância da participação.

Como colocar em prática

Ao contrário do que muitas empresas pensam, não é difícil criar uma comunicação interna do zero.

Pelo contrário, com profissionais adequados, estudos e um pouco de planejamento fica fácil colocar um projeto de endomarketing em prática, em poucos meses.

Para que você comece a tirar suas ideias do papel, é preciso, primeiro, entender alguns passos essenciais dentro do trabalho de criação comunicacional entre colaboradores.

Veja abaixo tudo o que você pode fazer para começar.

1. Faça pesquisas

Não pense que você chegará na empresa entendendo tudo o que precisa ser trabalhado em uma comunicação interna, porque isso não vai acontecer. 

Entenda que muitos colaboradores podem ficar retraídos com campanhas novas, por isso, estude-os antes.

Observe a empresa por um olhar de colaborador, e procure encontrar pontos positivos e negativos, entendo o que eles querem compartilhar. Faça pesquisas sobre tudo o que puder, desde satisfação no setor até problemas com a catraca para academia.

Com os resultados em mãos, e a partir da comparação com o total de colaboradores, e informações relacionadas à classe, faixa etária e gênero, é possível criar o começo de um planejamento de comunicação.

2. Crie um canal de contato

Faz parte do período inicial o entendimento de qual é o canal preferido dos colaboradores de uma empresa.

Alguns podem adorar o e-mail, outros podem preferir contato pela intranet, e alguns podem gostar mesmo de mensagens por whatsapp via conector neutrik.

Com o resultado das pesquisas em mãos, fique em se comunicar com o público pelas três principais ferramentas de comunicação escolhidas. Isso vai fazer com que eles fiquem mais engajados e interessados no conteúdo da empresa.

3. Monte campanhas com temáticas relevantes

Dentro da comunicação interna não é preferível começar campanhas que foquem apenas em ordens da empresa para o funcionário, ainda que essa seja uma ferramenta que também pode melhorar essa relação.

Entenda que os colaboradores querem se enxergar naquela comunicação, e que só mandar avisos ou comunicados relacionados ao trabalho podem fazer com que o endomarketing não funcione bem, transformando aquele canal em algo chato e estressante.

Sempre que puder, trabalhe campanhas para entender o lado dos colaboradores, trazendo conteúdos que eles queiram falar, até mesmo aqueles que eles gostam de ver para descontrair, como eventos que eles possam ir no fim de semana.

Além disso, procure sempre inserir assuntos que podem ser utilizados por eles tanto em casa quanto no trabalho, por exemplo, uma postagem na plataforma interna sobre recarregar extintores de incêndio para prevenir incidentes.

4. Use a integração presencial

Sempre que possível faça integrações ao vivo, por meio de eventos, encontros, treinamentos e palestras, que não apenas comuniquem questões sobre a empresa ou ensinem uma ferramenta nova, mas que também tragam melhorias pessoais.

Um exemplo disso é promover um evento de saúde mental pelas plataformas da empresa, a fim de entender melhor sobre as questões pessoais dos funcionários e também promover informações sobre o assunto para a compreensão daqueles que não sabem do assunto.

5. Faça análise de dados

Por fim, não esqueça de sempre fazer análises de dados, de todos os resultados alcançados com as ações de endomarketing. 

Assim como em práticas de comunicação para o público externo, ter a noção do que eles gostam ou não é essencial.

Conclusão

Comece hoje mesmo a pensar o quanto sua empresa ganharia e incorporaria a mais uma comunicação interna de qualidade, garantindo não apenas um trabalho de qualidade, mas o bem-estar que qualquer trabalhador pode desejar.

Escreva uma resposta