in , ,

O que é planejamento estratégico de marketing?

estratégico

O planejamento estratégico de marketing é uma tarefa integrada considerada muito importante para a obtenção de resultados de médio e longo prazo. 

Ele nada mais é do que o estudo que visa ajudar a desenvolver e implementar ações que não se limitem às atuais demandas, sendo capazes de atender a necessidades futuras.

estratégico

Quando falamos em planejamento estratégico, nos referimos a um plano de ação que ajuda a atingir os objetivos da empresa, melhorar a divulgação da marca, conquistar novos clientes e consolidá-la em seu mercado de atuação.

Por essa razão, toda organização precisa de um planejamento, visto que ele torna o negócio mais viável, ajuda a lançar novas soluções, estabelece um bom posicionamento de mercado e leva ao conhecimento do público os produtos e serviços da organização.

Esse trabalho direciona as ações de marketing e torna todos os processos mais eficazes, mas se você não conhece muito sobre ele, este é o momento de compreender um pouco mais o seu funcionamento.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o conceito de planejamento estratégico de marketing, como essa prática pode ser executada e quais são os pontos mais importantes desse trabalho. Então, se você tem alguma dúvida sobre o assunto, leia o artigo até o final.

Planejamento estratégico de marketing: o que é?

Chamamos de planejamento estratégico de marketing um documento que concentra as ações que precisamos colocar em prática para promover uma marca, seus produtos e serviços. 

Além disso, ele também ajuda a transmitir uma mensagem para o público e aumenta as chances de vendas.

Neste documento, são incluídas todas as estratégias que precisam ser adotadas e de que modo elas devem ser colocadas em prática, bem como o nome dos responsáveis por elas.

Ao realizar esse planejamento, um fabricante de lixeiras de inox terá um guia para a sua equipe de marketing e poderá enxergar melhor os resultados que deseja obter.

No entanto, para que esse planejamento seja realmente efetivo, é necessário saber executá-lo do jeito certo. A seguir, vamos nos aprofundar um pouco mais nesse tema.

Como criar um bom plano de ação

Depois que entendemos um pouco mais sobre o conceito desse tipo de planejamento, estamos prontos para aprender as estratégias necessárias para a sua elaboração. Elas formam o seguinte passo a passo:

1 – Definir a persona do negócio

A persona do negócio é um personagem semi fictício que representa o perfil de cliente ideal, e para ser completa, é necessário reunir as seguintes características:

  • Idade e sexo;
  • Profissão;
  • Estado civil;
  • Status social;
  • Desejos;
  • Problemas;
  • Interesses e valores.

Como vimos, são informações aprofundadas sobre os clientes e as organizações podem ter mais de uma persona, e todas elas vão impactar as estratégias de marketing.

2 – Criar um mix de marketing

O mix de marketing é uma prática muito importante e também conhecida como 4 Ps do marketing, que nada mais são do que os aspectos fundamentais incluídos no planejamento.

O produto se refere àquilo que é comercializado pelo negócio; o preço é o valor cobrado por ele; a praça são os locais onde essas mercadorias são comercializadas; já a promoção trata-se das estratégias utilizadas para promover os produtos.

3 – Ter os objetivos em mente

Um escritório com foco em projeto de arquitetura corporativa, por exemplo, também precisa definir os resultados que deseja alcançar com suas ações de marketing. 

No entanto, é necessário ser realista e cuidadoso para traçar objetivos alcançáveis e satisfatórios.

Os objetivos também precisam ser específicos, fáceis de atingir, mensuráveis, relevantes e contar com um tempo razoável para serem cumpridos.

4 – Conhecer os ambientes internos e externos

Para elaborar um bom plano estratégico também é importante conhecer profundamente os ambientes internos e externos que circundam a organização. 

Nesse sentido, é preciso enxergar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, da famosa análise SWOT.

Com base nessas informações, uma empresa especialista em pisos consegue saber quais estratégias funcionam ou não para ela. Também saberá quais são suas vantagens, desvantagens e os resultados que sua equipe de marketing pode alcançar.

5 – Criar um cronograma

É necessário criar um cronograma para estabelecer um prazo na execução das estratégias, fazendo uso de ferramentas de gestão de projetos.

É a melhor maneira de não se perder durante a execução e garantir que tudo seja feito dentro do prazo necessário.

6 – Montar um bom plano de ação

Quando estabelecemos os objetivos de marketing e já temos um cronograma, é necessário elaborar um plano de ação para definir as responsabilidades de cada membro da equipe.

Nesse plano, uma empresa especializada em troca de fechaduras vai estabelecer o que deve ser feito, como será e quando fazer.

7 – Conhecer o seu orçamento

Definir orçamento é muito importante para que sua estratégia de marketing tenha sucesso. Analise com cuidado o quanto você está disposto a investir e o tipo de retorno que deseja obter.

Se as finanças não forem bem organizadas, há o risco de se gastar mais do que o esperado ou simplesmente não ter condições de colocar tudo em prática.

8 – Escolher uma ferramenta para monitorar o planejamento

Você precisa de um mecanismo que ajude a acompanhar as estratégias do planejamento de marketing. Os indicadores-chave, também conhecidos como Key Performance Indicators (KPIs), são essenciais para saber se suas ações são realmente eficazes.

A partir disso, uma empresa especialista em divisórias pode fazer todos os ajustes necessários e conquistar bons resultados.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é por meio de um painel de controle que contém todos os indicadores que serão monitorados.

Principais pontos do planejamento estratégico

Existem alguns pontos fundamentais que estão presentes no planejamento estratégico de marketing. Dentre os principais estão:

Analisar o mercado

Este ponto diz respeito ao funcionamento do mercado em que o negócio atua para que assim seja possível prever possíveis cenários durante o desenvolvimento.

Para analisar o mercado, é fundamental que você saiba qual é o seu atual market share, o segmento que você pretende atingir, se ele está em expansão, em decadência ou estável e quais são suas principais peculiaridades.

Saber qual é a situação da empresa

É necessário fazer uma análise da situação atual da organização. Para isso, comece considerando o volume de vendas, o histórico de faturamento, como está o posicionamento da marca, quais são suas políticas internas e externas e os custos de seus produtos.

Também é preciso saber qual é a rentabilidade de cada produto ou serviço vendido, os recursos que estão disponíveis e a dimensão atual do negócio, bem como o potencial da empresa.

Para obter todas essas respostas, uma empresa que aluga espaço de coworking pode utilizar o método SWOT. Por meio dele, é possível sintetizar as principais informações relacionadas ao contexto atual da companhia.

Nesse sentido, todos os aspectos relacionados ao que ocorre no ambiente interno e externo são considerados, levando em conta diversos fatores da corporação.

Analisar a concorrência

É muito importante conhecer a sua concorrência e as ações que ela utiliza para elaborar um plano estratégico de marketing que traga bons resultados.

Você precisa saber quem são os seus principais concorrentes, tanto diretos quanto indiretos, além de ter em mente de que maneira eles se posicionam no mercado.

Também procure saber quais são suas características mais relevantes, principalmente em relação aos produtos e serviços que oferecem.

Um fabricante de divisórias em drywall também pode procurar saber quais são as fraquezas e limitações de seus concorrentes, sua política de preço e as ações de marketing que eles adotam.  Além disso, investigue quais ações deram certo ou fracassaram. 

Uma das melhores maneiras de obter todas essas informações é fazendo uma pesquisa de mercado digital, visto que, por meio delas, consegue-se dados rápidos para basear as decisões em números.

A empresa consegue descobrir de que maneira está sendo avaliada pelo seu público e qual é a opinião dessas pessoas em relação aos seus concorrentes.

Inclusive, uma empresa de rastreamento de carros pode utilizar ferramentas que fazem estudos comparativos para entender qual é o nível de satisfação dos consumidores, seu funil de consumo e o posicionamento da sua marca em relação aos concorrentes.

Definir objetivos alcançáveis

Outro ponto vital é definir os objetivos que você pretende alcançar em curto, médio e longo prazo. Dentre os resultados pretendidos, podemos ter um aumento das vendas online e a participação no mercado.

Todos eles fazem parte do plano estratégico, e sua função é retratar de que maneira o setor de marketing vai trabalhar para alcançá-los.

Conclusão

Elaborar um plano estratégico é a melhor maneira de valorizar os investimentos em marketing, visto que ele guia todo o trabalho e facilita o alcance dos objetivos.

Como vimos, trata-se de um trabalho extenso mas que pode ser colocado em prática de maneira simples e fácil, desde que você saiba se organizar. Todos os seus esforços vão valer a pena e a sua empresa vai alcançar um novo patamar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CRO

Como trabalhar CRO?