in , ,

O que é planejamento de mídia?

planejamento de mídia
Time management, marketers teamwork. Media planning, media representation control, reach your client, best media plan for your brand concept. Bright vibrant violet vector isolated illustration

Toda empresa que atualmente investe em campanhas de publicidade precisa criar um bom planejamento de mídia, para que sejam definidas as estratégias e os canais de comunicação utilizados, dentre outros aspectos.

Nos últimos anos, o marketing de conteúdo vem crescendo muito e diversas empresas estão se aventurando no meio digital para conseguir aumentar suas vendas e se tornarem conhecidas. 

Boa parte delas investem na produção de conteúdo da própria plataforma, enquanto outras buscam por influencers de diversas redes sociais e blogs para que divulguem seus produtos. O fato é que existem muitas estratégias e um grande público a ser alcançado.

Um estudo recente mostrou que mais de 3 bilhões de pessoas no mundo acessam redes sociais diariamente, sendo só no Brasil, cerca de 40 milhões de pessoas compram na internet. Somente em 2020, houve um crescimento de 30% no número de compras online.

Se pararmos para pensar, em um país com mais de 200 milhões de habitantes, este ainda é um número relativamente baixo, mas as projeções são para que ele siga crescendo conforme o mercado digital se expande. 

Ademais, ainda há muitas compras que são realizadas pela internet mas não computadas, como por exemplo, venda de bolos e bijuterias, perfumes e cosméticos. Há também as pessoas que fazem a administracao de restaurante corporativo e comum.

Todos esses produtos e serviços que podem ou não ser vendidos de maneira informal não são considerados, mas estão ali e precisam ser vistos para que o planejamento de mídia os alcance. 

Considerando todos esses cenários diferentes, pense em como uma marca deve escolher os melhores canais para divulgar os seus produtos e serviços. Existe um cuidado que antecede as ações de marketing? Siga a leitura para saber mais.

Planejamento de mídia e sua importância

Você já parou para pensar nos motivos que fazem uma empresa investir em embalagens delivery personalizadas? A elaboração desse tipo de divulgação não é algo simples a ser feito, mas a companhia acredita que o investimento valerá a pena.

Podemos provar, sem que você faça muito esforço, que certamente encontrará algo dentro de sua casa que é guardado como lembrança de alguma empresa que você foi, seja um copo personalizado, um brinquedo ou afins.

O nome das companhias estão sempre estampado nesses produtos com uma data e até algum telefone. Isso é feito porque houve um planejamento de mídia que antecedeu a criação dessas ações de marketing. 

Em algum momento, uma equipe pensou em como chamar a atenção de seu consumidor com diversos tipos de ações de mídia, seja a chamada mídia física, mídia digital ou mídia tradicional, como a TV e o rádio. 

Então, podemos dizer que planejamento de mídia é o meio de definir quais mídias irão ser utilizadas dentro de uma determinada campanha. Deste modo fica muito mais fácil conseguir encontrar as melhores inserções para o público alvo da ação de marketing. 

Além disso, existe uma função, que é a mais importante: permitir às empresas administrarem melhor o orçamento dessas campanhas com ações estratégicas e com acompanhamento constante dos resultados obtidos como de uma express grafica rapida

Esse tipo de ação é bem atuante nos meios tradicionais e ainda é pode ser caro colocar uma campanha na televisão aberta. Por isso, não se pode errar ao fazer algum tipo de propaganda, pois o prejuízo pode ser muito alto.

E o planejamento de mídia no meio digital?

Se você tem uma empresa focada exclusivamente no ramo digital e quer realizar um planejamento de mídia, isso é possível. A questão é que ainda estão estudando os melhores métodos, tudo porque o meio digital ainda está em ascensão 

Por exemplo, o Instagram é uma das melhores redes sociais para divulgar produtos e conseguir retorno, isso porque não havia a necessidade de conversar diretamente com a plataforma, mas com os influenciadores.

Então se o seu desejo era vender uma mesa de som 8 canais, ao invés de investir em anúncios pagos, você poderia entrar diretamente com um DJ famoso e pagar para que ele divulgasse diretamente em suas redes.

Era um caminho quase perfeito, pois o público já estava segmentado e a comunicação era mais direta, mas a rede social mudou a forma como o seu algoritmo funciona.

Agora, além de ter de buscar por influenciadores, é interessante fazer os anúncios pagos dentro da plataforma.

Se você tem um bom canal de comunicação e acredita na força das suas redes sociais, há também a possibilidade de planejar-se quanto à melhor rede social para realizar a divulgação dos produtos e serviços que estarão sendo vendidos nelas. 

Você pode vender um armario de aco de escritorio, serviços de arquitetura, contabilidade, dentre outros, realizando apenas anúncios patrocinados. As pessoas terão acesso a seu conteúdo e a interação será melhor aproveitada.

O importante das redes sociais é a geração de interação e engajamento perante as estratégias feitas. Se há um planejamento quando falamos de mídias tradicionais, não podemos negar a necessidade de fazer o mesmo quando o assunto são mídias sociais. 

Montando o seu plano de mídia

Agora que você já entendeu o que é um planejamento de mídia e a sua importância dentro do marketing da empresa, está na hora de saber como montar o seu. 

A primeira questão que é preciso considerar é que existem diferentes questões a serem observadas, começando pelos horários, períodos, aplicações e orçamento disponível. 

A segunda questão essencial é estudar a atuação da sua concorrência para entender quais são os pontos que ela está acertando e os pontos onde a sua ação de marketing atuará, justamente para conquistar os clientes que ela não conquista.

1 – Compreenda o seu mercado  

Antes de tudo, é preciso que você tenha conhecimento amplo do seu mercado. Imagine sua área de atuação como uma selva fechada em que você precisa demarcar pontos de interesse para não se perder dentro dela. 

Se quiser atravessá-la sem antes explorá-la, é bem possível que irá se perder no meio do caminho. É claro que não será possível fazer a digitalizacao 3d de tudo que você viu, mas o importante é saber lidar com tudo o que pode encontrar ali dentro.

A análise geral de seu nicho de atuação ajuda a compreender o cenário em que sua empresa atua. Deste modo, as principais oportunidades e ameaças ficam muito mais claras. 

O investimento em mídias que reforçam a posição da sua empresa é sempre o caminho se você for novo.

Já se você faz frente de mercado dentre o seu segmento, pode considerar realizar uma exploração um pouco mais arriscada. Isso quer dizer que pode considerar buscar por mídias que atuem em um público ainda não alcançado.

Note que tudo vai depender da realidade que você está vivendo no momento em que for fazer o seu planejamento. 

2 – Defina o público que deseja atingir

Você conhece o seu público e sabe identificar as pessoas que se interessam pelo o que é oferecido pela sua empresa? Ter conhecimento disso é essencial para que você defina as mídias e a forma como sua empresa irá atuar dentro delas.

Para entender melhor como definir o público-alvo, você precisa ter as seguintes informações sobre os seus consumidores:

  • Faixa etária;
  • Gênero majoritário;
  • Principal canal de compras;
  • Necessidade sobre o produto;
  • Clientes que voltam a comprar.

Entender esses pontos é uma forma bem organizada de saber qual a área de atuação da sua empresa perante o público de interesse. Se isso não for bem definido, é possível que você esteja buscando por pessoas sem uma métrica razoável.

Assim, uma loja de informatica notebook deve fazer uma propaganda em uma plataforma onde seu público certamente teria acesso.

3 – Estabeleça o orçamento

Normalmente, o responsável pelo planejamento não é o mesmo que faz o orçamento, mas você pode solicitar. Se é você quem faz, então precisa definir bem os pontos anteriores e alguns mais para que ele seja aplicado da melhor forma possível.

Será preciso elaborar um cronograma sobre a área de atuação da empresa e, mais do que isso, ter em mente quais serão as mídias que você irá utilizar. 

Para a definição das mídias, você deve enquadrá-las dentro das características que melhor integram o seu público e área de atuação da empresa. Existem casos em que a televisão será muito mais efetiva que as redes sociais e vice-versa, tudo é questão de estudo. 

Com tudo definido, você terá uma noção sobre o alcance da sua ação de marketing e a frequência que ela deverá ser repetida dentro dos canais de mídia.

Por fim, você precisa definir o CPI (Custo por Mil), ou seja, qual o valor deverá ser investido para alcançar mil impressões e o CPP (Custo Por Ponto), valor necessário para alcançar o seu objetivo com a ação de mídia. 

Com tudo isso bem estabelecido, resta fazer a entrega de documento e começar sua ação de marketing. As chances de terem sucesso, uma vez feito todo esse planejamento são enormes. Por isso, invista firme nessa estratégia.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

4 simples atitudes diárias que podem contribuir para o meio ambiente

influencers

Influencers: Por que são importantes para sua estratégia de marketing digital?