in , ,

E-mail marketing: Como elaborar com maestria?

e-mail marketing

Uma forma de comunicação em massa muito utilizada pelas empresas é o e-mail marketing. Porém, ainda tem muitas pessoas que não conhecem a estratégia de fato.

Ele é um serviço que comunica de forma mais íntima com o receptor, podendo ou não ser algo mais personalizado para cada cliente da empresa. 

Isso é, utilizar o e-mail para estabelecer uma comunicação com o consumidor. 

Sendo assim, sua principal função é criar e manter um relacionamento com os clientes, melhorando a venda, a ligação com o consumidor e melhorando a imagem da marca.

Porém, é preciso tomar cuidado na hora de usufruir dessa estratégia, pois, para que o e-mail não acabe sendo considerado spam.

Portanto, algumas informações devem ser destacadas, como evitar palavras muito comerciais ou típicas de spam.

Caso o e-mail seja entendido como spam, ele pode ser barrado antes de ser entregue ao cliente. 

Sendo assim, mesmo que seja entregue, é preciso tomar cuidado para ele não ser encaminhado à caixa de spam, sem o receptor ler. 

Somente enviar e-mails para os clientes não funciona, o conteúdo e o consumidor precisam ser levados em conta. É necessário focar na conveniência de cada receptor do e-mail.

Uma característica que deve existir ao realizar o e-mail marketing, é disponibilizar a opção de o cliente cancelar a inscrição e não recebê-los mais. 

Dessa forma, é demonstrado respeito da empresa em relação ao consumidor.

Portanto, antes de tudo, é preciso realizar um planejamento de como e quando será mandado o e-mail. 

É preciso considerar tópicos específicos como o remetente, o conteúdo, o assunto e como fazer com que as pessoas interajam com ele. 

Na hora de preparar o e-mail é preciso definir a quem será destinado, quais os objetivos dele, o que será enviado, quando acontecerá, como haverá uma boa comunicação e quanta informação será adicionada.

É importante ressaltar que o que é importante ao utilizar essa estratégia de marketing é a qualidade e não a quantidade. 

Não adianta enviar o e-mail para uma lista enorme de pessoas se elas não o abrirem ou nem receberem.

Deve-se conhecer o público a quem serão enviados os e-mails, para que ele assuma seu propósito e interesse os clientes. 

O conteúdo pode estar relacionado a novos produtos, promoções, ações de fidelização, entre outros. 

E-mail marketing: usar porquê?

Pelo fato de o e-mail não ter caído em desuso com o crescimento das redes sociais, apenas ganhou novos adeptos, cada vez mais pessoas usam a plataforma e podem receber o conteúdo. 

A maioria das pessoas acessam o e-mail diariamente, tanto para verificar informações profissionais, como para checar fatos pessoas. 

Fora que é uma forma mais prática de acompanhar o andamento da loja favorita.

Além disso, o cliente tem a garantia que receberá a informação da empresa que ele gosta, uma vez que, muitas vezes, nas redes sociais, as pessoas são inundadas de conteúdo aleatório e ter que checar o perfil para acompanhar as informações desestimula o leitor. 

É um meio fácil de atingir diversas pessoas, porém, ainda com uma sensação de exclusividade, uma vez que o conteúdo não foi, simplesmente, postado para qualquer um ver. Ele foi enviado, exclusivamente, para cada cliente selecionado. 

Bônus de usar esse recurso

Já está entendido que a estratégia é muito prática e garante acesso a todos, porém, utilizar o e-mail marketing pode trazer resultados muito maiores para a empresa, como:

  • Fidelização de clientes;
  • Aumento do número de vendas;
  • Garantia de acesso à mensagem;
  • Interação e feedback;
  • Acompanhamento de resultados;
  • Direcionamento do público;
  • Otimização do tempo;
  • Conteúdo personalizado;
  • Otimização do orçamento.

Portanto, para que haja melhor compreensão de como essa forma de comunicação em massa pode ajudar a empresa, cada tópico será analisado separadamente.

Fidelização de clientes

Por receber um conteúdo personalizado, tendo sido pensado antes de enviar para o usuário, é criado um sentimento de valorização do consumidor.

Dessa forma, ele se sente mais próximo da companhia e, quando precisar escolher qual marca adquirir um serviço, ele pensará na que se preocupa em enviar conteúdo exclusivo para ele.

Além de que, o cliente se sente mais seguro ao receber o e-mail personalizado da própria empresa, uma vez que não há garantia de que todos os conteúdos postados nas redes sociais são verdadeiros. 

Por exemplo, assim como possuir um auto de vistoria do corpo de bombeiros no edifício passa segurança aos moradores, mandar um e-mail diretamente para o consumidor cria uma sensação de confiança, pois o conteúdo não tem chance de ser falso. 

Número de vendas aumentado

Ao criar um laço maior com os usuários já existentes, esses passam a criar uma rede de indicação da empresa. 

Com mais pessoas conhecendo a marca e se interessando pelo tópico, maior será a quantidade de vendas realizadas.

Além disso, é possível aumentar o número de vendas por conta do impulso do usuário. 

Ao receber um e-mail com conteúdo relacionado a compras anteriores, ele está mais suscetível a realizar a compra por conta da facilidade. 

Acesso à mensagem garantido

Com as redes sociais, não há garantia de que todos os seguidores receberão a postagem e criarão uma opinião sobre o assunto, uma vez que elas divulgam informações novas a todo momento.

Quando é utilizado o e-mail marketing da forma correta, há garantia de que o usuário receberá a mensagem e poderá interagir com ela, já que o conteúdo foi direcionado a ele.

Por exemplo, assim como, se quebrar a chave de casa, há garantia de encontrar um chaveiro 24 horas, utilizar o e-mail marketing assegura que os usuários terão acesso ao conteúdo. 

Interação e feedback

Se a empresa implementar técnicas que estimulem o usuário a interagir, haverá maior interesse por parte dele, pois criará um sentimento de vontade de incluí-lo no processo e na firma em geral.

Além disso, é possível que o cliente possa dar um feedback sobre o conteúdo e mostrar o que acha. 

Dessa forma, o cliente se sente mais próximo da empresa, pois entende que pode ajudá-la não apenas financeiramente.

Por exemplo, se um condomínio enviar um e-mail: “avaliacao predial para formulario”, com um questionário sobre o edifício, ele conseguirá compreender a opinião de todos os usuários e poderá mudar pontos que não agradam os condôminos. 

Acompanhe com frequência os resultados

Com a interação do público, o envio de feedbacks e o acompanhamento da estratégia em geral, é possível que a empresa entenda quais pontos estão mais ajudando-a e quais pontos precisam ser mudados para efetivar mais o mecanismo.

Dessa forma, a firma consegue adaptar suas estratégias para atingir cada vez mais pessoas e da melhor maneira, aumentando a produtividade geral.

Por exemplo, se uma empresa de entregas percebe que a entrega de encomendas com motoboy é mais adotado do que utilizar o correio.

Ela pode investir nesse ponto e não gastar tempo e recursos levando o produto à entrega por outra empresa.

Direcionamento do público

O e-mail marketing é uma ótima estratégia para aumentar o fluxo do site da empresa.

Isso porque o conteúdo do e-mail, se incrementado de maneira efetiva, pode induzir o público a entrar no site da empresa, aumentando o tráfego. 

Uma importante técnica nesse momento é utilizar a ferramenta “call to action”, que consiste em utilizar palavras que deem sensação de urgência e que convençam os receptores a entrarem na página desejada.

Por exemplo, uma empresa que vende um produto de limpeza pesada pode realizar o e-mail marketing chamando os clientes para o site, pois os 30 primeiros a comprar determinado produto ganharão o novo lançamento da loja.

Dessa forma, o e-mail direciona todos os consumidores para o site de fato, e ainda, aumenta o número de vendas e de interesse em certo produto. 

Otimização do tempo

Ao enviar um conteúdo específico para um grupo selecionado de usuários, o tempo gasto é menor. 

Além de que é possível atingir um grande número de pessoas em um espaço de tempo muito menor do que o comum.

Por exemplo, para uma empresa divulgar seu produto novo, como um home theater em sala de cinema, ele não gastará tempo fazendo a divulgação de diferentes formas, ele criará um design, usando fotografia para chamar a atenção, e afetará o público de uma vez.

Conteúdo personalizado

Pelo fato do e-mail marketing enviar certos conteúdos para várias pessoas, é possível que a empresa desenvolva conteúdos que sejam de acordo com o gosto de um grupo selecionado. 

Dessa forma, para um usuário receber um e-mail sobre determinado assunto de interesse próprio, aumenta o sentimento de exclusividade e de preocupação da empresa com o cliente.

Nesse momento, acompanhando o feedback e os resultados de acordo com o número de acessos em cada e-mail mandado, é possível compreender os gostos dos consumidores e adaptar o conteúdo para cada grupo.

Por exemplo, uma gráfica pode selecionar um grupo de pessoas interessadas em comprar certo produto, como um cartao de visita advogado, e mandar o conteúdo mais personalizado para o grupo, ao invés de mandar apenas cartão de visita.

Otimização do orçamento

Pelo fato de apenas um conteúdo ser enviado para diversas pessoas, os gastos com design e preparação de conteúdo são menores. 

Além de que é possível selecionar quais funcionários se estabelecerão de cada assunto, poupando gastos excessivos.

Por exemplo, ao enviar um flyer de divulgacao de um novo produto, a empresa não precisará gastar dinheiro com a impressão de cada um para divulgação offline. O orçamento só cobrirá o fator de produção desse instrumento.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Marketing de Relacionamento: o que é e quais são suas vantagens

planejamento de concorrência

Entenda a importância de um planejamento de concorrência?