in

DIY: veja como personalizar seu quarto

Tendência da decoração, a moda “faça você mesmo” te dá autonomia para customizar seu espaço como preferir

A decoração do quarto é uma forma de transformar um ambiente muitas vezes genérico e utilitário em um espaço acolhedor. A escolha dos móveis, das cores, do jogo para cama e das cortinas são apenas algumas das ferramentas que utilizamos para personalizar esse espaço de descanso e intimidade.

Se engana, porém, quem imagina que é necessário gastar uma fortuna para deixar o cantinho com a nossa cara. A tendência DIY, abreviação do termo em inglês “do it yourself”, ou “faça você mesmo”, permite que a decoração seja feita de forma autônoma e com baixo custo, já que a mão de obra é do próprio dono do espaço.

Iluminação

Um elemento chave na decoração do quarto, mas muitas vezes ignorado, é a iluminação do cômodo. A principal dica é criar um sistema que possibilite a existência de diferentes ambientes em um único espaço. 

Para criar camadas mais intimistas, o ideal é que você invista em pelo menos dois pontos de luz além do padrão que já vem instalado. Duas sugestões bastante simples de executar essa ideia é através de mini-lâmpadas e abajures. 

Por terem um formato maleável, as redes de mini-lâmpadas permitem usar a criatividade no quesito formato e posição. Já os abajures funcionam como um tipo de iluminação intimista e sóbria.

Vale personalizar e até mesmo criar o seu próprio abajur, o que vai deixar a decoração do seu quarto ainda mais exclusiva. O mesmo vale para a iluminação do teto, com luminárias personalizadas ou feitas por você.

Uma parede para chamar de sua

Em geral, quartos têm paredes e teto na cor branca. O tom é padrão do mercado imobiliário para facilitar a referência de pintura para venda e locação. Além da praticidade, o branco ainda transmite calma e amplitude, sendo uma boa escolha para um ambiente do quarto.

No entanto, quem quer trazer mais de cor e movimento para o espaço sem perder essas vantagens da cor branca pode eleger uma parede para personalizar. A customização pode ser feita de formas mais simples, com a aplicação de papel de parede ou de uma camada de tinta colorida, ou um pouco mais complexas, como apostar em uma textura criativa.

De toda forma, independentemente da técnica, a personalização de uma parede no quarto pode ser feita por você. A ideia é deixar o espaço mais alegre e imprimir um pouco mais de sua personalidade em seu ambiente particular.

Para quem não quer ou não pode comprometer a arquitetura do espaço, uma sugestão é investir em uma decoração móvel na parede. Dois exemplos são os quadros e os murais de fotos.

Renovando os móveis antigos

Essa é uma dica que vale especialmente para quem tem móveis de madeira maciça no quarto. Cama, guarda-roupa, cadeiras, mesas e qualquer outro objeto feito de um material firme poderão ser reinventados por você de uma maneira simples e efetiva.

Móveis antigos e pintados, por exemplo, podem ser descascados parcialmente ou por completo, criando um aspecto vintage no ambiente. Pode-se, ainda, aplicar uma nova tinta e transformá-los em algo completamente novo.

Aqueles que foram envernizados, encerados ou nunca receberam nenhum tratamento de produto ou cor, poderão, pela primeira vez, recebê-los pelas suas mãos. Para todas essas dicas, entretanto, é ideal que você entenda qual o produto indicado para o tipo de material com o qual você está trabalhando.

Reutilize

Reutilizar objetos antigos e transformá-los em outros, dando a eles uma nova função ou reformando sua estrutura, é não só uma tendência de decoração como também uma atitude sustentável.

Os pallets, por exemplo, são objetos versáteis, baratos e muito fáceis de serem incorporados no quarto. Eles podem servir de apoio para o colchão, criando uma cama diferente, ou para almofadas, modelando uma poltrona no canto do quarto.

Atente-se aos detalhes

Cada pedacinho do seu quarto poderá receber sua atenção personalizada com objetos feitos por você mesmo. Esse processo, além de barato, é uma oportunidade de colocar sua criatividade para fora, resultando em uma jornada de autoconhecimento.

Assim, atente-se a todos os detalhes e veja o que você pode fazer pelo ambiente. Almofadas costuradas por você, cabideiros comprados em brechós e pintados a mão e sapateiras reutilizando um material antigo são alguns objetos que permitem a construção de um quarto com a sua personalidade.

Por fim, com a sua decoração pronta, o jogo de cama certo vai dar o toque final. Na escolha, atente-se ao tamanho, às cores, a quantidade de fios e a qualidade dos tecidos utilizados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

o que é customer service?

5 Cuidados ao aderir a variação linguística em anúncios

Indexadores de crédito imobiliário: o que são e como funcionam