in

Saiba como o SEO pode influenciar no crescimento de um Blog

mobile analysis marketing diagram search engine optimization vector illustration

Com certeza, você sabe o que são ferramentas de busca. E, provavelmente, não seja daqueles que pesquisam por algo e ficam analisando resultado por resultado, até a página 20. 

Bem, imagine que, não só você, mas todos sejam assim. Só que você tem um blog, com diversos conteúdos interessantes em torno de sua marca. Então, seria legal se esse blog pudesse aparecer em primeiro lugar nos resultados das pesquisas dos mecanismos de busca, não seria?

Claro que seria. Desta forma, pense só como a visibilidade traria mais adeptos à sua marca. Mas como? É realmente possível? Veja a seguir:

O que é SEO?

O SEO (Search Engine Optimization) é um mecanismo de otimização para motores de busca, bastante utilizado como estratégia de Marketing Digital.

Existe um milhão de conteúdos, de todas as formas, sendo publicados através de diversas plataformas, todos os dias. A concorrência é grande, sim. Mas é aí que o SEO entra.

Suas técnicas, quando bem aplicadas, são capazes de fazer com que seu blog, sua loja virtual de e-commerce, sua marca, enfim, seu negócio online possa aparecer como o primeiro resultado nas pesquisas realizadas nas ferramentas de busca.

Mas claro, neste caso, é necessário bastante foco, pesquisa e determinação. Talvez você precise demandar uma equipe para a realização dos processos. Entretanto, quais são esses processos?

Conheça as técnicas de SEO

Métodos, processos e técnicas. Você deve estar se perguntando, agora, quais são essas táticas tão milagrosas vindas do SEO.

Fique tranquilo, porque, a seguir, você verá algumas das técnicas base para SEO.

Captação de palavras-chave

Através de pesquisas, é possível conhecer quais são os termos mais usados por internautas, dentro do seu segmento de atuação, claro.

Uma dica é optar por palavras-chave longas e específicas. As pequenas têm maior tráfego e, consequentemente, uma concorrência maior. Nesta parte, entra o diferencial de sua empresa. Ele deve ser aproveitado e especificado.

Supondo que você tenha uma joalheria e seu carro-chefe sejam os anéis de diamante. Então, recentemente, você recebeu um anel de noivado de diamante e, sua venda, acarretaria em um ótimo lucro. Específico, não? 

Pois então use palavras-chave que valorizem essa singularidade, lá na descrição do produto em seu e-commerce, por exemplo. 

Ou, talvez, você tenha recebido apenas um anel, por enquanto, mas uma coleção está para chegar. Sendo assim, com o intuito de já atrair clientes, você pode criar um conteúdo sobre o novo produto em seu blog, utilizando palavras-chave.

Uma boa opção pode ser “anéis de noivado brilhante”, ou “anel de diamante para noivado”. Bem detalhado mesmo.

Criação de conteúdo de qualidade e relevância

Aqui, vamos supor que você tem uma loja de material de construção e tenha decidido focar em um blog, como forma de promovê-la digitalmente. Boa escolha!

A criação de conteúdo é uma estratégia muito sagaz, porque, com ela, você pode, de antemão, tirar dúvidas das pessoas acerca de seu serviço/produto, informá-las e descrever seus produtos/serviços de forma mais ampla. Isso traz fidelidade.

Mas então, é preciso apenas escrever artigos que detalhem seus produtos? Não. Isso é importante, sim, mas você não precisa ficar só explicando como o piso vinílico instalado que você oferece é bom e necessário.

Pesquise, dentro do seu segmento de trabalho, a loja de construção, os temas que estejam ligados a ele. Você pode falar sobre elétrica, segurança, tubos e decoração, por exemplo. Dicas e passo a passo sempre são bem-vindos também.

Por que não escrever um artigo sobre a importância da instalação de uma cabine primária para a parte elétrica, por exemplo?

Otimização on-page

Como o próprio nome já diz, trata-se da otimização dentro da página – site ou blog, por exemplo. Isso pode ser feito seguindo os seguintes passos:

  • Formatação de texto: não escrever parágrafos longos;
  • Inserção correta da palavra-chave: primeiro parágrafo, conclusão e intertítulo;
  • Utilização de TAGS H1, H2, H2: são subtítulos;
  • Legende as imagens inseridas na página.

Otimização off-page

Agora estamos falando da otimização fora da página. Ela pode se dar por meio da criação de guest-posts, por exemplo. Basicamente, você vai colocar o link de sua página em outros conteúdos produzidos por você.

Um exemplo é o próprio blog. Pense que você tenha uma oficina especializada em airbag e tenha também um blog para divulgá-la.

Ao escrever um artigo para esse blog, você pode linkar a página de algum serviço oferecido por sua oficina. Dentro do contexto, claro.

Voltando para exemplos de otimização off-page, outra dica é otimizar a URL dos posts. É ótimo que, nelas, estejam palavras-chave. Então, imagine que você esteja procurando por peças de empilhadeira. 

Vai ser muito mais fácil você se interessar em acessar o site em que, na URL, já apareça “peças empilhadeira”, do que naquele em que a URL apresente aberrações como: /ad_45%XT_PL.peças/98, não é verdade?

Como o SEO pode beneficiar uma empresa? 

As redes sociais e os mecanismos de busca possuem algoritmos responsáveis por filtrar o que é mais relevante para as pessoas. Eles não jogam todos os conteúdos disponíveis sobre o tema da pesquisa, simplesmente.

Então, as técnicas do SEO permitem que você conquiste um público, que você vai passar a entender e a conhecer melhor, quanto aos seus gostos e interesses diários, por meio de pesquisas de engajamento.

Feito isso, ainda com o SEO, você vai poder otimizar seus conteúdos/produtos/serviços de acordo com o gosto do seu público, de modo que esses produtos sempre apareçam a essas pessoas na internet. Gerando, assim, maior consumo da sua marca.

Além disso, com base em todo o conteúdo abordado acima, é possível formar uma lista com as vantagens advindas da utilização das técnicas de SEO. Veja:

  1. Promove melhor experiência aos usuários

Os mecanismos de busca sabem o que vai trazer boas experiências ao internauta. Por isso, quando se procura por algo na barra de pesquisa, muitas vezes essas ferramentas já sugerem artigos, sites ou o complemento da pesquisa.

Por exemplo: você está buscando por “ultrassom para cães”, mas na verdade, só precisou escrever “Aluguel de Som” e o “Para Eventos” veio como sugestão, porque o mecanismo de busca já conhece seu interesse.

Desse modo, ele só vai divulgar o que realmente for de seu gosto. E o SEO vai te ajudar a colocar em suas páginas o que realmente é preferível ao seu público. 

Assim, as ferramentas entenderão que seu site promoverá satisfação ao internauta e ele ficará em primeiro nos resultados de pesquisa.

  1. Mais tráfego para o site

Por esse lado, as ações de SEO contribuem para apoiar, além do Marketing, as estratégias de venda específicas para seu negócio.

Veja bem: quanto melhor posicionado nos resultados de pesquisa, mais cliques sua página tem chance de receber e mais tráfego orgânico chega a sua página. Isso representa a fase 1 de atração das etapas de funil de vendas, no Marketing Digital.

  1. É mensurável

Com as técnicas de SEO é possível medir o crescimento de um site, um blog, ou qualquer plataforma online. 

Isso porque essa estratégia promove maior número de acessos e conversões. Mas pode também, constar a diminuição de acessos, o que o público não gostou, entre outros.

  1. Auxílio no funil de compras

Neste ponto, cabe a você gerar um conteúdo relevante, que seja determinante para a escolha de compra do usuário.

Às vezes, a princípio, a pessoa nem queria comprar nada, apenas tirar uma dúvida. Mas você usou tão bem as palavras-chave e incluiu em seu texto alguns links de produtos relacionados, que levou essa pessoa ao desejo de adquirir esse produto/serviço.

Exemplificando: você tem uma empresa de decoração, com um blog para produção de conteúdo sobre ela. Sendo assim, um de seus artigos aborda um passo a passo sobre como instalar luminárias, ao mesmo tempo em que sua empresa recebe uma novidade: luminária led grande.

Você, então, aproveita para colocar o link da página dessa luminária e explicar muito bem como instalar o produto com êxito.

A pessoa já tinha uma luminária, mas você explicou tão bem, que acabou levando essa visitante ao menos a compartilhar seu conteúdo com outras pessoas ou até mesmo a identificar a necessidade de uma nova luminária.

A diferença desse meio para os anúncios pagos

Os anúncios pagos são mais seletivos, ou seja, beneficiam mais aquele que possui maior capital de investimento.

Nas táticas de SEO, não importa se uma empresa é grande ou pequena, todos os negócios podem conquistar o topo dos mecanismos de busca. O sucesso pode ser alcançado com capital curto.

E, essa questão, acaba gerando mais vantagens ao implantar técnicas de SEO em seu negócio.

Como o aumento da credibilidade da marca, por exemplo. É inevitável: resultados orgânicos atraem mais confiança que resultados pagos.

Além disso, diferentemente dos anúncios pagos, ao aplicar técnicas de SEO na sua marca, você terá resultados contínuos, o investimento foi apenas inicial – com contratação de profissionais produtores de conteúdo, por exemplo.

Em anúncios pagos, é necessário investir constantemente para se obter visitas.

Então, agora que você já sabe quais são as principais técnicas de SEO, os objetivos ao aplicá-las, suas vantagens e comparações com estratégias de anúncios pagos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

qual-a-importancia-do-layout

Qual a vantagem de ter uma landing page?

conheca-o-marketing-sensorial

10 ferramentas indispensáveis em sites