in

Entenda como a psicologia influencia no webdesign

Afinal, as formas que a sua página online utiliza para se mostrar ao consumidor é um dos fatores que determina a conversão dele em cliente ou não. O mesmo ocorre em relação ao desenvolvimento dos produtos, da logo e de tudo o que compõe seu negócio.

Conheça, abaixo, um pouco mais sobre a relação entre a psicologia e o desenvolvimento de sites e de marcas.

Como a psicologia afeta o web design?

O desenvolvimento de um site deve levar em consideração importantes questões, dentre elas a imagem da página. A psicologia em web design é uma das ferramentas que auxilia nas decisões relacionadas à aparência e atratividade dela.

Assim, alguns aspectos bastante discretos como linhas, fontes e cores influenciam na atração que um negócio e seu produto opera sobre o consumidor. Eles são capazes de gerar estímulos visuais inconscientes.

Veja abaixo alguns dos fatores que compõem o design dos sites e que têm importância psicológica, com capacidade de despertar sentimentos e estímulos.

Psicologia das cores

Esse é um dos fatores visuais mais famosos dentro da psicologia. Afinal, as cores possuem diversas funções ao ilustrar uma marca e empresa, bem como o seu web design.

Primeiramente, é interessante que o negócio escolha uma cor que o represente em seu site, redes sociais, ações de marketing e até mesmo produtos. Isso auxilia na fixação da marca pelo público e no seu reconhecimento.

Um bom exemplo da importância das cores na psicologia em web design é que 85% dos consumidores admitem que a cor de um produto é o mais importante ao comprá-lo. 

Além disso, nas culturas de diversos países uma cor remete, automaticamente, para um costume social, evento ou memória nacional. Por exemplo, enquanto nos Estados Unidos e no Brasil o branco remete ao casamento e à pureza, na Índia isso fica a cargo da coloração vermelha.

Ainda sobre a influência das cores na psicologia em web design é que elas remetem a sentimentos. Conheça as relações mais comuns:

  • Cinza: segurança, maturidade e confiabilidade;
  • Vermelho: coragem, urgência, entusiasmo;
  • Amarelo: otimismo e felicidade;
  • Verde: equilíbrio, serenidade;
  • Laranja: alegria e energia;
  • Roxo: luxo, imaginação e criatividade;

Esses são apenas alguns dos exemplos da relação entre cores e desenvolvimento de sites. Portanto, se até o momento você não dava atenção para as cores da sua página online, esse é um bom momento de praticar a psicologia em web design.

Fonte utilizada

Ao desenvolver ou repaginar seu site você também deve pensar na fonte que será utilizada nele e no logotipo da marca. Para isso, experimente serviços baratos de design de logotipos e sites que tenham inúmeros tipos de fontes de escrita.

Assim como as cores, as fontes utilizadas para escritas de logos e textos tem fatores na psicologia em web design. Conheça algumas das principais relações entre fonte e sentimento, respectivamente:

  • Times New Roman: tradição;
  • Helvetica Bold: estabilidade;
  • Calibri: limpeza e organização;
  • Georgia Italic: conforto;
  • Cooper: amizade;

É por isso que a escolha da fonte é algo crucial no desenvolvimento do site. Ainda, considere conhecer o que a concorrência utiliza, para não recorrer à mesma fonte e parecer que todas as páginas são iguais.

Use a assimetria ao seu favor

É inegável que conteúdos organizados de maneira simétrica tendem a melhorar a compreensão do leitor. Esse é um fator da psicologia em web design que reflete como o ser humano costuma agrupar informações e distribuí-las de maneira igual.

Por isso, usar a simetria na exposição de textos no seu site é muito importante. Ao mesmo tempo, considere usar a assimetria a seu favor utilizando-a em alguns pontos bastante específicos.

A assimetria auxilia, por exemplo, a destacar os comandos de CTA (Call to action), que levam o navegante a cliques, interações e conversões. Por isso, não deixe de usar alguns desses artifícios. 

Busque formas de provocar reações instintivas

Por fim, a psicologia em web design igualmente está presente no conteúdo que você disponibiliza no seu site. Ao desenvolvê-lo, então, pense nos fatores que se relacionam às emoções que você deseja despertar no visitante.

Essas emoções não importam por um simples fator subjetivo ou para a conversão de vendas (embora isso seja primordial), mas faz com que o site seja agradável ao cliente de forma a fazê-lo navegar repetidamente pela página.

Alguns fatores interativos auxiliam nisso e diferenciam a página. Também, é possível fazer uso de estratégias como a do Airbnb, que se vale de imagens coloridas e vibrantes já na sua página inicial. Isso atrai o público e torna o site agradável.

Por isso, pense em como tornar a sua página agradável e atrativa ao público e em como despertar sentimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Marketing Digital: As Estratégias mais Eficazes [2021]

Inovações tecnológicas que prometem transformar o mercado imobiliário