in

Campanhas de endomarketing: Por que desenvolver?

endomarketing

O endomarketing tem sido uma das principais formas de engajamento entre uma empresa e seus colaboradores, possibilitada por meio de campanhas internas para a melhoria da satisfação e também da redução da taxa de rotatividade.

Ao traçarmos um paralelo com campanhas de marketing para o público comprador de uma empresa de brindes corporativos diferenciados, por exemplo, podemos observar que ambas as ações trabalham em um mesmo sentido e com as mesmas ferramentas.

Porém, o intuito do marketing, é fidelizar e encantar o cliente, diferentemente de um negócio que pratica o endomarketing que, neste caso, é se aproximar e aumentar a satisfação das equipes.

Mas, por que isso se faz tão importante? Além dos colaboradores serem as pessoas que de fato estão responsáveis pelas vendas e pela relação com o cliente, estes precisam estar conectados com os propósitos e tudo o que é oferecido, evitando uma relação superficial.

Só assim é possível que a empresa consiga repassar com maior qualidade seus propósitos, além de entender melhor os desejos de cada funcionário e investir na valorização. 

A seguir, entenda um pouco mais sobre o endomarketing, desde as vantagens que suas ações agregam para uma empresa de cabeamento estruturado, até pontos interessantes que podem ser utilizados para colocar uma campanha interna em prática. Acompanhe!

Afinal, o que é o endomarketing?

O endomarketing, sendo o prefixo “endo” uma referência ao sentido interno, foca em trabalhar questões de conexão com os colaboradores de uma empresa, ressaltando a própria marca e suas questões, mas se preocupando com o que o funcionário deseja.

Para começarmos a entender melhor esse assunto, é necessário olhar para todo o processo de relação do trabalhador de um negócio e o consumidor de uma empresa.

De modo geral, podemos dizer que é esta pessoa que realmente entrega o que o cliente deseja, trabalha a favor das metas e conquistas da companhia de projeto de paisagismo residencial, realizando suas atividades e se esforçando para cumprir seus compromissos.

No entanto, da mesma forma que para o cliente a conexão com a empresa se mostra importante para que exista a possibilidade de uma compra, para o colaborador isso se faz ainda mais essencial.

O primeiro ponto disso está justamente na própria satisfação em trabalhar para um negócio, entendendo de fato o que ele necessita de um profissional, ao mesmo tempo priorizando de que maneira ele pode ser convincente, entregando oportunidades e reconhecimento.

Se para o cliente a resolução de problemas e a identificação com propósitos da companhia são fundamentais, para o colaborador a valorização e o trabalho em conjunto são a chave.

Assim, o endomarketing foca estritamente em trabalhar esses pontos, colaborando para a aproximação desse funcionário, buscando entender seus desejos, seus problemas e, principalmente, tornando a presença da marca muito mais potente nesse sentido.

Esse convencimento acontece, na maioria das vezes, por meio de campanhas próprias, construídas pelo setor de comunicação interna de um negócio, como uma fábrica de agenda personalizada com nome.

Em meio a processos metódicos e levantamentos de informações, as equipes responsáveis pela relação com o colaborador conseguem estruturar maneiras de contato com este, trazendo tópicos essenciais para que a empresa venha a agregar suas qualidades.

O mais interessante do endomarketing é que, assim como uma campanha para um público externo, ele é capaz de ir moldando o colaborador aos poucos, em pontos específicos, colaborando para que a conquista seja feita de forma gradual e com qualidade.

Assim, uma empresa de comunicação visual consegue alcançar resultados e vantagens interessantes para o negócio, melhorando, inclusive, a relação com o seus clientes.

Por que ele é tão importante?

Agora que entendemos melhor o que é o endomarketing, nada melhor do que entrarmos nos pontos que fazem a estratégia ser uma das mais benéficas para as organizações.

O primeiro ponto de relevância é a presença da marca diante de seus colaboradores. Ao fazer um trabalho correto com o público interno, a potência da marca diante das equipes se torna muito mais significativa, motivando, dessa forma, todas as equipes internas.

A motivação, podemos dizer, é a principal impulsionadora de um trabalho feito com habilidade, tendo em vista que o funcionário se torna uma espécie de parceiro da marca.

Por exemplo, o vendedor de uma loja de espelho mágico fotográfico passa a trabalhar com muito mais vontade e foco a partir de uma conexão com o que a marca representa para ele, aumentando ainda mais as possibilidades de fazer boas vendas no local.

Outra questão, considerada a mais grave dentro das companhias e a principal resolução do trabalho do endomarketing é a rotatividade dos funcionários em um curto período.

Isso acontece porque, assim que uma pessoa entra em uma empresa e percebe que alguns aspectos dela não são interessantes e não se tornam questões positivas, como o caso de uma desorganização de setores, acaba sendo uma motivação para a desistência do cargo.

Porém, sempre que há um desligamento em uma empresa, é preciso realizar uma nova contratação, e o novo contratado corre riscos de passar pela mesma situação do anterior.

Assim, a rotatividade põe o negócio sempre em contato com seleções e entrada de novas pessoas, e em meio a esse ciclo contínuo, as equipes e a produtividade delas acaba caindo, bem como das entregas, pois existe o treinamento e a adequação de alguém novo.

No entanto, quando uma pessoa está satisfeita dentro de uma empresa de assessoria empresarial, o trabalho e a satisfação de estar ali é máxima, evitando a saída precoce.

Outro aspecto que se faz um dos mais benéficos e importantes para empresas que apostam no endomarketing é a elaboração de um clima organizacional interessante, junto com uma cultura dentro desse ambiente que permite excelentes vantagens.

Em relação ao clima, podemos dizer que a convivência e também a forma de trabalho em conjunto pode ser um ponto a melhorar nas companhias, pela falta de conexão entre todas as partes.

Sabendo disso, a companhia consegue propor campanhas que tenham esse foco resolutivo, trazendo mais oportunidades de conhecimento para as equipes, de interação entre funcionários e também aumentando a construção de um clima harmonioso no local.

Dependendo de como isso se dá, a cultura da empresa acaba sendo igualmente construída, buscando a relevância em pontos que favorecem a interação e a comunicação de todos.

Dicas para começar a fazer campanhas internas

A seguir, abordamos algumas das principais formas de começar a fazer uma campanha de endomarketing dentro da sua empresa de produção de sacolas kraft personalizada. Confira tudo o que sua equipe de comunicação deve fazer:

1 – Realize uma análise do negócio

Um dos tópicos relevantes neste sentido é entender quais os principais problemas dentro da sua empresa, para que o trabalho das estratégias de endomarketing sejam bem-feitas e focadas onde existe um problema. Eles podem ser os mais diversos, como:

  • Falta de conexão;
  • Não reconhecimento da marca;
  • Alta rotatividade;
  • Insatisfação comunicacional;
  • Falta valorização.

Para trazer as melhores respostas, nada melhor do que fazer um diagnóstico, onde de fato pode haver uma resposta cabível, vinda do próprio colaborador através de pesquisas.

2 – Conheça bem seu colaborador

Conhecer bem cada colaborador é mais do que uma obrigação na realização de campanhas de endomarketing. 

É preciso entender pontos de conexão com ele e, para isso, nada melhor do que retirar um perfil com características, desejos e outros pontos relevantes.

O ideal é que sejam feitas pesquisas, levantamentos de dados específicos, como gênero, idade e setores, além de perguntas que podem ser feitas em formulários.

3 – Foque no planejamento de ações

Ao entender bem os problemas internos de sua empresa e saber melhor o perfil do colaborador que você está lidando, torna-se muito mais simples viabilizar as ações. Mas, para isso, nada melhor que um planejamento, onde tudo fique mais fácil de entender.

No contexto desse planejamento, é interessante ter a preparação de uma campanha, desde os canais de comunicação, o tempo dela, os objetivos e o público-alvo.

A partir disso, são feitos os trabalhos dentro das ações, como eventos, campanhas em redes sociais internas, matérias, palestras, entre outras possibilidades que evoquem experiências únicas dos colaboradores com as empresas.

Considerações finais

O endomarketing traz uma responsabilidade à empresa em relação aos seus colaboradores, onde a preocupação principal gira em torno de sua satisfação e conexão com o que ela oferece e pode ser estabelecido para que os benefícios surjam para ambos.

No entanto, para poder formalizar as principais estratégias de comunicação interna, visando uma melhor experiência e convivência entre as partes, é preciso conhecer os problemas.

Em seguida, com o diagnóstico e com o planejamento correto das ações, tudo fica muito mais fácil e a organização passa a ter maiores possibilidades de crescimento.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

atendimento

Atendimento publicitário: como desenvolver esta ferramenta?

conversão de clientes

Conversão de clientes: como fazer isso ?