in

Campanha B2B: Como desenvolver?

B2B

B2B (sigla para Business to Business) é um segmento de negócio que vende produtos e serviços para outras empresas. Assim como no caso dos outros tipos de companhias, ele também possui estratégias de marketing específicas.

Isso acontece porque esse tipo de negócio está em franca expansão no Brasil, sendo necessário aplicar um tipo de marketing que atenda às necessidades dessas corporações.

Também é necessário considerar que estamos diante de um cenário repleto de desafios no que diz respeito à estrutura de vendas, competitividade, oferta de valor e decisão de compra. 

Assim, para que esses processos sejam trabalhados da melhor forma, é necessário contar com boas ferramentas.

Se o seu negócio pertence ao segmento B2B e você quer melhorar seus resultados, precisa conhecer as estratégias de marketing Business to Business

Elas correspondem às particularidades desse tipo de negócio e são muito mais assertivas para suas vendas e oportunidades.

Se você não entende muito bem sobre o assunto ou não conhece as práticas que envolvem esse tipo de ação, confira este artigo.

Aqui, vamos explicar o que são campanhas B2B, como elas podem ser elaboradas e quais são as principais diferenças entre elas e as campanhas B2C. Acompanhe!

Entendendo o que é campanha B2B

Em primeiro lugar, é importante entender que o marketing conta com estratégias que têm como foco atender às necessidades do mercado em que um negócio está inserido.

Independentemente de qual seja o seu segmento ou porte, as ações de marketing são essenciais para atrair os consumidores, convertê-los e assim iniciar todo o processo de fidelização de clientes.

É dessa maneira que um fabricante de junta de vedação consegue agregar valor ao seu negócio e fazer com que seus produtos e serviços sejam bem vistos pelos consumidores.

No que diz respeito ao marketing B2B o conceito é o mesmo, mas o investimento é direcionado em estratégias diferenciadas, que alcancem os clientes, uma vez que as finalidades também são diferentes.

O que você precisa ter em mente é que o foco não é uma pessoa, mas sim, outra organização. Lidar com esse tipo de cliente é trabalhar com uma cadeia hierárquica que influencia na tomada de decisão.

Enquanto no mercado B2C o foco das ações é a emoção dos consumidores, no mercado B2B é preciso trabalhar as razões. Isso requer diferentes estratégias e outras ferramentas que ajudam a compreender o perfil deles, suas necessidades e prioridades.

Agora que você já sabe o que é marketing B2B, para usufruir de todas as suas vantagens, é necessário saber como trabalhá-lo.

Passos para elaborar uma estratégia de marketing B2B

Uma estratégia de marketing B2B deve ser elaborada com os elementos certos, e dentre os principais recursos que uma confecção de camiseta personalizada formatura e demais corporações podem utilizar, estão:

Usar as redes sociais

As redes sociais também assumem um papel importante para as empresas que vendem para outros negócios, e são essenciais para as campanhas B2B. São plataformas que ajudam a mensurar o engajamento e a aproximar as pessoas da marca.

Além de criar um perfil nessas plataformas, eles precisam ser constantemente atualizados, com materiais de qualidade e frequentes, sempre levando em conta os interesses do público.

Os perfis da empresa precisam conectar os usuários ao site institucional, pois isso gera engajamento e conversões em vendas.

Além disso, também podemos usar ferramentas de anúncios nessas plataformas, como no caso do Facebook e do Instagram. Isso permite divulgar a marca para um número maior de pessoas, sem que para isso seja necessário fazer grandes investimentos.

Uma das melhores plataformas para os negócios B2B, sem dúvidas, é o LinkedIn, visto que se trata de uma plataforma voltada para o universo corporativo.

Investir em estratégias de SEO

O SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de estratégias que otimizam as páginas da empresa para que ela apareça entre os primeiros resultados de busca.

Por meio dessa prática, uma empresa especializada em qualificação de operação consegue ter o seu site bem posicionado em motores de busca, como no caso do Google. 

Com isso, é capaz de atrair um número maior de visitantes. Dentre as principais estratégias de SEO, é possível mencionar:

  • Uso de palavras-chave;
  • Otimização de imagens;
  • Ter um site responsivo;
  • Conteúdo de valor.

Essa prática ainda atende aos padrões de ranqueamento dos sites de busca e entregam para os usuários apenas os conteúdos mais bem qualificados.

É uma forma de fazer com que as informações do seu negócio estejam cada vez mais próximas dos clientes, aumentando a quantidade de acesso no site e, consequentemente, as oportunidades de vendas.

Prática de co-marketing

Outra prática muito boa para uma empresa de limpeza pós-obra ou qualquer outra do segmento B2B é o co-marketing. Por meio dele, seu negócio mantém uma relação mais estreita com outras empresas do mesmo segmento.

Apesar de serem do mesmo ramo, elas não são concorrentes diretas e, por conta disso, podem se unir com o objetivo de atrair o mesmo público. Como consequência, aumentam seus lucros.

Um exemplo disso é um fabricante de produtos de limpeza fazer uma parceria de produção de conteúdo com uma empresa de limpeza empresarial. Juntas, elas vão produzir materiais que têm como foco o mesmo público.

Esse tipo de parceria aumenta as chances de sucesso dos parceiros, visto que eles divulgam seus produtos e serviços como complementares, o que desperta a curiosidade de muitos consumidores.

Garantir uma boa interface para o site

Se você pesquisar sobre limpeza de fachada predial na internet, vai receber como resultado sites de empresas que oferecem esses serviços. Pode até ser que você visualize alguns anúncios ou encontre alguns perfis nas redes sociais como resultado.

Mesmo que isso aconteça, os resultados de pesquisa são, em sua maioria, links que direcionam os usuários para os sites das empresas. 

Justamente pelo fato de esse canal centralizar todas as suas ações, é fundamental que ele seja acessível para o público.

As organizações precisam encarar essa plataforma como o seu cartão de visitas e a vitrine virtual da marca. Assim sendo, é muito importante investir em uma interface agradável para o cliente e que faça com que ele permaneça no endereço por mais tempo.

Além disso, um site com boa usabilidade é a melhor forma de garantir uma boa experiência para os seus visitantes, algo fundamental para estabelecer um relacionamento genuíno com eles desde o primeiro contato.

Diferenças entre as campanhas B2B e B2C

Você já sabe de que maneira um fabricante de mezanino de ferro pode trabalhar as estratégias de marketing B2B. Mas, para compreender ainda mais o funcionamento dessa prática, é interessante entender a diferença entre ela e o marketing B2C.

De acordo com o próprio conceito de marketing B2B, estamos nos referindo a um segmento que possui um modelo de relacionamento mais comercial e um público completamente diferente do cliente final.

Em outras palavras, a primeira diferença se dá pelo o que, como e com quem nós estamos nos relacionando.

Ao passo em que as estratégias de marketing B2B falam com indústrias, revendedoras, lojas, distribuidoras e até instituições públicas, o B2C trabalha com pessoas.

Dentro do segmento de B2B existem outros critérios e interesses que envolvem a compra. O comprador de uma empresa que fecha negócio com outra que presta serviço terceirizado de limpeza não está procurando atender a uma necessidade pessoal.

Aqui, temos o primeiro ponto de destaque desse assunto, o fato de que as empresas B2B não desenvolvem mercadorias com foco em necessidades particulares. 

O interesse do comprador no exemplo acima é, na verdade, o interesse da empresa para a qual ele trabalha.

Outro aspecto que diferencia muito as campanhas de marketing são os canais utilizados. Nós não vemos, por exemplo, muitas propagandas de TV anunciando produtos destinados às outras organizações.

Entretanto, podemos visualizar anúncios na internet em plataformas como o Google. Também é possível visualizar esse tipo de anúncio partindo de empresas B2C, mas, apesar da similaridade entre os canais, vários outros aspectos diferenciam essas práticas.

Por exemplo, no caso de um desengraxante industrial, ele vai utilizar uma linguagem e uma proposta diferente, como de uma loja de móveis para quarto de bebê.

As estratégias de marketing B2B também são diferentes porque o valor da compra também é superior ao que um cliente pessoa física é capaz de adquirir.

Todas essas particularidades permitem que as empresas desse setor possam atingir o público certo e alcançar seus objetivos de vendas.

Conclusão

O marketing B2B é feito especialmente para as empresas que vendem produtos e serviços para outras organizações. Ele é mais assertivo e elaborado para argumentar e atrair corporações que precisam das mais variadas soluções.

Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre essa prática, as estratégias que fazem parte dela e algumas dicas de como desenvolver uma campanha mais direcionada.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cliente

O que é tempo de vida do cliente?

e-commerce

Como desenvolver um e-commerce?