in

Cadeira gamer é realmente boa?

Conheça um pouco mais sobre esse modelo de cadeira, cada vez mais visado.

Nos últimos tempos, o chamado home office tem se tornado uma forma de trabalho cada vez mais comum. Com a crise sanitária essa opção se converteu em uma verdadeira necessidade para muitas pessoas.

Para trabalhar em casa, na frente de um computador, porém, é preciso ter uma cadeira que seja ajustável ao seu tamanho e com possibilidade de regulagem. É nesse sentido que as chamadas cadeiras gamer surgem como uma alternativa mais do que visada.

Desenvolvido para jogadores profissionais, que passam horas em frente ao computador, esse modelo de cadeira pode ser uma opção para quem está montando seu escritório dentro de casa. A seguir você conhecerá as vantagens e desvantagens da cadeira gamer.

Conhecendo a cadeira gamer

Já parou para observar o design do assento de um carro de corrida? Ele é a maior inspiração das cadeiras gamer. Esse tipo de cadeira tem formato, revestimento e até mesmo densidade bem diferentes das típicas de escritório, como as de secretária e a de presidente.

Além do visual robusto, um dos aspectos que chama atenção em uma cadeira gamer é a ergonomia. Por ser produzida especialmente para pessoas que ficam muitas horas sentadas, o modelo oferece uma sensação de conforto superior a qualquer outra cadeira disponível no mercado atualmente.

Um dos grandes diferenciais para isso é a densidade do assento, que faz com que a cadeira seja quase ortopédica. Se pudéssemos fazer uma comparação com um colchão, saberíamos que os de densidade menor são mais macios, enquanto os de densidade maior são mais firmes e, consequentemente, melhores para a coluna.

Assim funcionam as cadeiras gamer: dispondo de uma maior densidade, elas acabam sendo mais firmes, oferecendo um conforto ideal para as nossas costas. Além disso, o revestimento geralmente é feito com materiais de alta durabilidade, como o couro.

Por que ter uma cadeira gamer?

Muita gente pode se perguntar se é mesmo válido investir em uma cadeira gamer. Essa dúvida, geralmente, aparece quando vamos buscar uma dessas para comprar e nos deparamos com os altos valores.

Na verdade, tal escolha depende muito da sua necessidade. Pessoas com uma postura perfeita, por exemplo, podem se sentar em qualquer tipo de cadeira e vão se sentir plenamente confortáveis. Nesse caso jamais valeria a pena um gasto dessa proporção. Essas pessoas, porém, não são maioria.

Já se você trabalha muitas horas na frente do computador, é imprescindível ter uma cadeira que seja minimamente ergonômica para que você se sinta confortável e não tenha problemas futuros com dores nas costas.

A comparação entre uma cadeira de presidente e uma gamer, por exemplo, vai depender da forma e do tempo que você fica sentado. A principal diferença entre elas será a maior densidade da cadeira gamer e, exatamente por conta disso, sua indicação para pessoas que passam muito tempo sentadas.

Desvantagens

Quanto ao conforto e ergonomia, não tem como falar mal desse modelo de cadeira. O seu maior defeito, porém, é o alto custo, que gira em torno de R$500 até R$5 mil — fato que acaba desanimando muitos compradores.

Além disso, há a questão do modelo propriamente. Nem todo mundo gosta de cadeiras tão robustas e grandes. Há exemplos sóbrios, mas também outros bem extravagantes, com cores que chamam atenção e que nem sempre combinam com o ambiente em que devem ser colocadas.

De toda forma, caso você seja um usuário contínuo de computadores e trabalhe com essas ferramentas no seu dia a dia, o mais indicado é procurar por uma cadeira que ofereça conforto e ergonomia em primeiro lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Saiba como preparar um prato saboroso no fim de semana

Linha do tempo: conheça a história da lingerie