in

Artes minimalistas: Como elas podem ajudar um anúncio?

minimalistas

O estilo de arte minimalista é uma vertente que teve um crescimento considerável nos últimos tempos e passou a ser muito utilizado pelas empresas em seus designs e campanhas de divulgação. Isso acontece porque é uma estratégia mais simples, mas repleta de vantagens.

O conceito surgiu como uma manifestação artística e cultural ao longo do século XX, baseando-se no uso mínimo de elementos para expressar a arte e a comunicação. Mas, ao longo do tempo, ele evoluiu e se incorporou a diferentes áreas, como a estética. 

Por exemplo, pode ser utilizado em convites com hot stamping dourado para algum evento, em que o fundo fica de apenas uma cor, como preto ou branco, e a letra do símbolo da empresa fica em dourado, apenas contendo o básico, sem muitos desenhos ou cores.  

No que se refere às artes e ao design, o minimalista surgiu baseado na produção de projetos usando apenas os elementos que eram necessários. Como o uso prioritário das formas básicas e geométricas no ramo das artes plásticas. 

Basicamente, o design e as artes minimalistas têm o foco na expressão “menos é mais”, uma vez que suas particularidades giram em torno de reduzir elementos na aparência de um projeto, mantendo apenas o que é essencial para sua identificação. 

Uma das características bases do design minimalista é eliminar os elementos até o projeto ser mais objetivo, dando mais foco aos detalhes, aplicando cores que conseguem interagir bem e criar sensações no público-alvo. 

Outros pontos que merecem destaque são que as artes não preencherão todos os espaços, permitindo que deixem espaços em branco e livres, as fontes devem ser legíveis, mas também simples. 

Dessa forma, já é possível concluir que, para ser realizado da maneira correta e se incluir nesse tipo de arte, ela deve ter um planejamento prévio de qualidade, com o objetivo de garantir que tenha sua funcionalidade compreendida e com escolha correta de elementos. 

O minimalismo se torna uma escolha muito viável para a realização de projetos simples, objetivos e modernos, permitindo um maior foco em valorizar os detalhes. 

Inclusive, o conceito minimalista pode ser utilizado desde em detalhes simples da marca até grandes projetos. 

Assim, uma empresa pode criar uma propaganda da sua loja em forma de adesivo para van, com apenas seu logotipo, sem relevo, com bastante espaço em branco e de uma forma mais simples, assim como qualquer outro tipo de anúncio. 

Basicamente, as artes minimalistas surgiram para, em um mundo com excesso de informação a todo momento, comunicar as pessoas de um jeito mais claro e objetivo, dando maior valor aos detalhes. 

Mas, por que usar o minimalismo?

Ao adotar o design minimalista em um projeto, é importante considerar o planejamento prévio e um estudo aprofundado para que não haja exagero na redução de elementos.

Ademais, é válido ressaltar os benefícios do minimalismo para a produção de campanhas e anúncios. Conheça algumas vantagens:

1 – É uma forma de se destacar

Principalmente no mundo digital, o usuário fica a todo momento inundado por informações e propagandas. Assim, uma forma de conseguir chegar até ele é por meio do minimalismo, em que não há um peso com excesso de conteúdos. 

Isso porque, quanto menos informações forem inseridas em uma arte, mais fácil de ela se destacar é, devido ao fato de estar imersa em um ambiente totalmente diferente e cheio de estéticas. 

Na prática, uma empresa que faz uma postagem só com o seu produto de faixas banners no conceito minimalista, chama a atenção dos usuários uma vez que ele pode se encantar com algo diferente e simples após passar um tempo recebendo muitas informações na tela. 

Além disso, uma publicação com uma arte que mostra apenas o necessário consegue passar a mensagem desejada em menos tempo, conseguindo atrair mais a atenção do público, por não terem que investir muito tempo para entenderem o que é.

2 – A marca fica na memória do cliente

Ao ter uma empresa criando uma logomarca mais básica, que contém só os elementos essenciais, consegue-se aumentar as chances de os consumidores se lembrarem dela ao pensar nas cores presentes no símbolo. 

Isso acontece porque uma imagem mais simples, com cores características, permite que o cérebro humano relacione as informações, uma vez que não é carregado de recursos diferentes, causando uma espécie de poluição visual.

Por exemplo, uma empresa de placa luminosa que tem sua logo com seu nome em amarelo e azul e o desenho de uma lâmpada apenas com contorno, tem menos informações para serem guardadas na mente, facilitando a memorização.

O que é muito importante para o desenvolvimento de qualquer empresa, visto que, quando um consumidor lembra de sua marca, sempre que precisar de um serviço relacionado, irá escolhê-la ao invés da concorrência.

3 – Maior facilidade de criação

Criar uma arte minimalista não é algo simples e que deve ser feito de qualquer jeito, mas é mais fácil de ser produzido do que um design cheio de desenhos, cores e informações. 

Dessa forma, permite uma economia de dinheiro, como a compra de fontes e demais elementos de composição.

Contudo, é interessante ressaltar a importância de realizar uma reunião com os designers da empresa para combinar e planejar corretamente como serão realizados os projetos, mantendo as informações necessárias com o objetivo minimalista. 

4 – Mais clareza e objetividade

A partir do momento em que apenas os dados necessários e fundamentais são colocados como arte, o projeto fica muito mais claro para o público, contendo apenas aquilo que eles precisam e gostariam de saber. 

Com isso, o espaço para a má interpretação e confusão devido a isso diminui consideravelmente. O que é essencial para uma marca, uma vez que seu objetivo é cumprido e ela não tem que perder tempo gerenciando problemas desnecessários. 

Isso acontece porque, quando são implementadas diversas informações em um pequeno espaço disponível, como uma publicação nas redes sociais, elas podem não fazer sentido completo e prejudicar o entendimento genuíno dos usuários. 

Então, se uma empresa que cria uma arte de seus produtos explicando claramente o que são feitos, como letras caixa em aço inox, permite que ela não tenha que perder tempo explicando para cada consumidor sobre a forma de fabricação.

Isso é muito essencial para a organização interna, pois ao invés de terem que resolver esses problemas mais simples, ela pode investir na produção de novas campanhas ou em como melhorar as que já foram iniciadas.

5 – Menos gasto em recursos

Quando são utilizados apenas os recursos essenciais, a empresa deixa de ter que se preocupar com diversas informações e as maneiras da criação de um design, o que adianta grande parte do tempo disponível para elas. 

Logo, na produção de um folder de apresentação de uma marca, ela só tem que se preocupar com os dados que não têm como faltar, tomando um menor período de tempo do que pensar em diversas peças para dar atenção e entender suas harmonias. 

6 – Maior atemporalidade da marca

Isso quer dizer que a marca e suas campanhas têm maior durabilidade, porque ela não se aproveita das tendências do momento ou dos modismos de cada época, afinal, mantém as informações mais importantes. 

Ela tem um design e características visuais com cunho essencialista, o que, como consequência, prioriza o uso de pontos clássicos. 

Por exemplo, um convite de casamento tradicional nunca sai de moda, sempre há pessoas que ainda desejam utilizá-lo. 

Já dos tipos que usam determinadas cores e estilos mudam rapidamente, uma vez que os gostos ecléticos dos consumidores podem ser muito passageiros.

Dessa maneira, é mais difícil que as pessoas esqueçam determinada marca, uma vez que ela não fica exclusivamente relacionada a determinada tendência do momento que será esquecida ou “enjoada” no futuro não muito distante. É só pensar na moda. 

Como elaborar artes minimalistas

Elaborar um conteúdo minimalista pode ser uma ótima opção para as empresas disponíveis e atuantes no mercado. Para que ele seja feito corretamente, existem algumas dicas, como forma de aumentar as chances de sucesso. Algumas são:

  1. Faça um planejamento das estratégias a serem usadas;
  2. Mantenha o foco da arte nos detalhes;
  3. Utilize linhas e formas simples;
  4. Use fontes de texto mais básicas;
  5. Insira apenas os elementos imprescindíveis;
  6. Use os detalhes para criar sensações no público;
  7. Não preencha todo o espaço da arte;
  8. Aumente o contraste;
  9. Use arranjos legíveis e agradáveis.

Essas são apenas algumas das formas muito úteis de aumentar as chances de uma empresa conseguir alcançar os seus objetivos com a implementação do design minimalista. Tudo vai depender dos objetivos da companhia.

Conclusão

As artes minimalistas podem surgir para uma empresa e auxiliar no seu desenvolvimento, garantindo uma melhora considerável nos resultados de suas estratégias. Existem algumas formas de realizar a sua criação, mas os benefícios são muito mais relevantes.

Vale ressaltar que elas podem estar presentes em diversos ramos de uma organização, desde a embalagem para comida delivery até na sua logomarca ou em suas propagandas, conseguindo atingir o público de acordo com suas metas. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Seu guarda-roupa está bambo? Veja como consertar

e-mail

Como desenvolver um e-mail marketing chamativo?